Topo

Esporte


Valdívia explica empate do Atlético com o Boa: "faltou um pouco de sorte"

André Yanckous/AGIF
Valdívia diz que faltou sorte para o Atlético-MG no duelo com o Boa Esporte Imagem: André Yanckous/AGIF

Do UOL, em Belo Horizonte

18/01/2018 21h41

O empate sem gols do Atlético-MG com o Boa Esporte, na estreia do Campeonato Mineiro, no Estádio Dilzon Melo, em Varginha, não agradou aos atleticanos. Já são dois pontos não conquistados neste começo de Estadual, além de uma atuação que não foi boa. Para o meia Valdívia, que ficou devendo em campo, o empate se justifica por dois motivos.

Um foi a postura defensiva do adversário, que realmente jogou bastante fechando, mesmo atuando dentro de casa. O outro ponto ressaltado pelo camisa 20 do Galo foi a falta de sorte. De acordo com ele, foi isso que faltou para o Atlético sair vencedor na estreia do Mineiro.

“Jogamos em cima deles, mas a equipe adversária estava com uma linha de cinco jogadores lá atrás, o que nos dificultou muito. Mas tentamos a bola longa, pelo lado também. Faltou um pouco de sorte. Agora é erguer a cabeça e pensar no domingo, que já tem mais um jogo”.

Se para o time faltou sorte, Valdívia também teve de explicar a própria atuação. Responsável por organizar o time alvinegro, o camisa 20 não conseguiu fazer o que era esperado. Nem mesmo nos vários escanteios cobrados por ele. Valdívia não conseguiu criar uma situação de gol sequer.

“Ali a gente faz uma linha de três jogadores no meio. Tenho que atacar, mas tenho que defender também. Vamos melhorar. Sempre joguei de meia e agora é aperfeiçoar, pois hoje as pernas pesaram um pouco”, completou Valdívia.

Mais Esporte