Caldense e Cruzeiro refazem duelo que, há 24 anos, deu 1º título a Ronaldo

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Beto Novaes/Jornal Hoje em Dia

    Faixa de campeão invicto do Mineiro em 94 estampa o peito de Ronaldinho

    Faixa de campeão invicto do Mineiro em 94 estampa o peito de Ronaldinho

Neste sábado à noite o Cruzeiro enfrenta a Caldense, no Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas, em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Mineiro. Foi também no Sul de Minas que um Caldense x Cruzeiro entrou para a história. Na noite de 11 de maio de 1994, a equipe celeste venceu por 5 a 3 e conquistou o Estadual de 1994, o primeiro título de Ronaldo Fenômeno, àquela altura apenas "Ronaldinho".

Artilheiro daquela edição do Mineiro, com 22 gols anotados, o então camisa 9 do Cruzeiro não participou do jogo decisivo pois a conquista aconteceu de forma antecipada. A fórmula de disputa é a mesma utilizada atualmente no Campeonato Brasileiro, os pontos corridos. Com a derrota do Atlético-MG para o Valério, de Itabira, por 1 a 0, na 19ª rodada, o Cruzeiro poderia abrir sete pontos para o rival restando três rodadas para o término da competição – naquela época o triunfo ainda valia apenas dois pontos.

E foi o que aconteceu. Mesmo sem Ronaldinho em campo, o Cruzeiro abriu 3 a 0 já no primeiro tempo. A Caldense reagiu na etapa final, mas não ao ponto de evitar a conquista celeste de forma antecipada. No fim, triunfo por 5 a 3. Uma partida histórica, afinal foi quando Ronaldo Fenômeno conquistou seu primeiro título como profissional. Algo que se tornou rotina na carreira do atacante, inclusive com a primeira Copa do Mundo, pouco mais dois meses depois de ser campeão mineiro.

Se 24 anos atrás o triunfo sobre a Caldense em Poços de Caldas valeu o título estadual, neste sábado a vitória pode valer a permanência na liderança da edição 2018 do Mineiro. Na primeira rodada, em seis jogos, cinco times venceram e somente duas equipes conseguiram fazê-lo por dois gols de diferença: Cruzeiro e URT. Para repetir a boa atuação da estreia, quando bateu o Tupi, no Mineirão, o técnico Mano Menezes vai mexer no time.

Vão ser quatro alterações em relação ao time que começou o jogo da última quarta-feira. As escolhas vão ser físicas, como explicou o treinador. "Queremos colocar os jogadores que estão melhor fisicamente para jogar. Um elenco de qualidade é para isso mesmo. Vamos mudar alguns jogadores, sem descaracterizar a equipe. Alguns vão estar, outros não".

Cruzeiro e Caldense já se enfrentaram 76 vezes, com 51 vitórias celestes, 19 empates e apenas seis triunfos da equipe de Poços de Caldas. A última vez que a Raposa saiu derrotada foi no confronto válido pela primeira fase do Mineiro de 2004. Desde então foram 11 partidas, com oito vitórias do Cruzeiro e três empates.

FICHA TÉCNICA
CALDENSE X CRUZEIRO

Data: 20 de janeiro de 2018, sábado
Horário: 21h30 (de Brasília)
Motivo: 2ª rodada do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza e Magno Arantes Lira (ambos MG)

CALDENSE: Omar, Feijão, Marcelinho, Robinho e Jhonathan; Mineiro, Jean, Potita; Juninho, Anderson e Neílson. Técnico: Zezito.

CRUZEIRO: Fábio, Lucas Romero, Leo, Murilo (Manoel) e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Bruno Silva), Rafinha e Arrascaeta (Thiago Neves); Fred.
Técnico: Mano Menezes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos