Kalil queria Cuca, mas Atlético-MG procurou Abel Braga, preferido por Gallo

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Lucas Merçon/Divulgação

    Abel Braga tem a preferência de Alexandre Gallo para assumir o cargo de técnico do Atlético-MG

    Abel Braga tem a preferência de Alexandre Gallo para assumir o cargo de técnico do Atlético-MG

A alta cúpula do Atlético-MG conversou bastante nos últimos dias sobre quem deve assumir o comando técnico do time. Após a demissão de Oswaldo de Oliveira, dois nomes ganharam força nos bastidores do clube. Cuca e Abel Braga. E o segundo, que tem contrato em vigor com o Fluminense, foi o escolhido e procurado pela diretoria do Atlético.

Mas não vai ser fácil tirar Abel Braga das Laranjeiras. O treinador está no Fluminense desde janeiro do ano passado e tem vínculo até o final da temporada. Apesar de todas as dificuldades financeiras do clube tricolor, Abel Braga tem feito valer sua palavra. Nos últimos meses, o técnico recebeu propostas de Palmeiras e Flamengo, mas permaneceu no Fluminense.

Procurar Abel Braga partiu do diretor de futebol do Atlético, Alexandre Gallo. Apesar de oficialmente completar apenas dois meses no cargo neste domingo, o diretor goza de bastante prestígio dentro do clube, especialmente com o presidente Sérgio Sette Câmara. Tanto que Gallo é quem responde pelo futebol atleticano. Assim, antes de apresentar uma oferta a Cuca, o Atlético procurou por Abel Braga. O treinador do Fluminense já sabe do interesse atleticano.

"A gente espera que talvez amanhã (domingo) tenha algum tipo de novidade. Já recebi muitas opções de treinadores para que possam vir para cá. Mas, com responsabilidade, numa conversa diária com o Sérgio Sette Câmara, nós vamos equacionar isso aí o mais rápido possível", disse o diretor de futebol atleticano, sem dar detalhes com qual treinador tem conversa adiantada.

Até o momento, segundo apuração do UOL Esporte, Cuca sequer recebeu uma proposta oficial. O treinador que fez muito sucesso na Cidade do Galo foi sim procurado, mas nada além de conversas informais. Os valores de um possível contrato sequer foram apresentados ao treinador, que está em Curitiba, sua cidade natal.

"Não fui procurado. Estava pescando. É mentira que fizeram proposta para mim. É mentira", disse o treinador ao apresentador Héverton Guimarães, da Band.

Cuca é o favorito da torcida atleticana, que passou a sexta-feira fazendo campanha na rede social pelo retorno do treinador, que foi campeão da Libertadores com o Galo, em 2013, e duas vezes do Campeonato Mineiro, em 2012 e 2013. Cuca é também o favorito do ex-presidente do Atlético e atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. Inclusive, o antigo mandatário chegou a ligar para o treinador, para conversar sobre a possibilidade do retorno à Cidade do Galo.

"É claro que o torcedor adora o Cuca. Ele entregou para a gente o maior título, que é a Libertadores da América. É óbvio que o nome dele interessa demais às nossas pretensões, mas é preciso que haja uma conversa que se encaixe nos padrões financeiros do clube. Não posso entregar para ele uma situação financeira que não caiba no nosso bolso. Tudo passa por uma conversa e, obviamente, precisamos saber se á o interesse dele. Eu vi a declaração dele de que teria o interesse de treinar clubes somente a partir da Copa do Mundo. Nós estamos fazendo contato com ele, assim como estamos fazendo com outros treinadores, porque eu não posso ter apenas uma possibilidade. Ele é um dos nomes que interessa. Estamos com dois ou três nomes de peso que possam assumir o Atlético e, obviamente, o Cuca me agrada muito", explicou Ségio Sette Câmara, em entrevista para a Rádio Itatiaia.

Mas por enquanto, a proposta para Cuca ainda não chegou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos