Com polêmicas e boa estreia de gringo, Atlético-MG goleia América no Horto

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vale/AGIF

    Jogadores do Atlético-MG comemoram o gol de Roger Guedes contra o América-MG

    Jogadores do Atlético-MG comemoram o gol de Roger Guedes contra o América-MG

O Atlético-MG venceu o América no estádio Independência, na tarde deste domingo (18), por 3 a 0. Róger Guedes (duas vezes) e Ricardo Oliveira fizeram para a equipe no jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Mineiro.

Com o resultado, o Galo chega à terceira colocação do Estadual, com 11 pontos conquistados, dois a menos que o rival do fim de semana, vice-líder. O Cruzeiro, com 19, ocupa a primeira colocação isolada do torneio.

Embora tenha goleado um de seus rivais, o que mais marcou o duelo ocorrido no Horto foi a arbitragem. O assistente Guilherme Dias Camilo assinalou um gol polêmico do Galo e deixou de marcar um para o América em lance semelhante.

O melhor: Róger Guedes brilha, mas faz gol polêmico

Róger Guedes foi o principal jogador do Atlético-MG no jogo deste domingo (18), na Arena Independência. O atacante teve boas chances de marcar e até exigiu uma defesa do goleiro Glauco no primeiro tempo. Mas a sua participação mais importante foi o gol marcado nos acréscimos da etapa inicial. Ele aproveitou sobra em finalização de Ricardo Oliveira para cabecear. O goleiro até tentou cortar, mas a arbitragem assinalou gol do Galo. O fato revoltou a equipe mandante, que alega que a bola não entrou completamente no lance. O atacante ainda voltou a marcar no segundo tempo. Ele aproveitou passe de Tomás Andrade e deixou a sua marca.

Estreante, Tomás Andrade brilha com duas assistências

O argentino Tomás Andrade fez a sua primeira partida pelo Galo na tarde deste domingo (18). O gringo entrou aos 38 minutos do segundo tempo e precisou apenas de sete para brilhar em campo. Ele deu passe para o segundo gol de Róger Guedes e ainda deixou Ricardo Oliveira em ótima condição para garantir a goleada.

Ricardo Oliveira marca terceiro pelo Galo

Contratado para substituir Fred, que rescindiu contrato com o Atlético-MG em dezembro passado e assinou com o Cruzeiro, o veterano Ricardo Oliveira voltou a balançar a rede com as cores do clube. O centroavante aproveitou passe de Tomás Andrade e deixou a sua marca nos acréscimos do confronto ocorrido no estádio Independência. Ele já havia feito diante de URT e Caldense.

O pior: Aylon comete erros e deixa campo mais cedo

Escalado pelo lado direito do gramado, Aylon tinha incumbência de acompanhar as investidas dos homens de frente do Atlético-MG. Contudo, cometeu muitos erros e acabou substituído por Renan Oliveira.

América-MG pede gol em lance semelhante ao do Galo

Pouco tempo após o gol de Róger Guedes, foi a vez de o América se queixar da atuação de Igor Junio Benevenuto. No mesmo gol em que houve o tento do Galo, Marquinhos aproveitou passe de Rafael Moura e cabeceou firme. Victor defendeu, mas não o suficiente para afastar a bola. Dentro da meta, Gabriel afastou o perigo, mas a arbitragem não validou o lance. A jogada gerou ainda mais revolta à equipe de Enderson Moreira.

América-MG joga nas costas de Patric

O América-MG aproveitou as brechas cedidas pelo lateral direito Patric para criar as suas principais chances de marcar no confronto. Rafael Moura, Giovanni e Luan atuaram no setor e criaram a principal chance do Coelho por ali - o lance que causou polêmica pelo fato de a bola não entrar.

Desorganizado, Atlético-MG aposta em talento individual

O Atlético-MG ainda não conseguiu encontrar um padrão de jogo na temporada. Não era uma exclusividade do time de Oswaldo de Oliveira. Mesmo com Thiago Larghi, bastante querido pelos atletas, o time encontra dificuldades na criação de jogadas, sobretudo na etapa inicial. Não é à toa que teve menos posse de bola que o rival neste período do confronto. Os principais lances saíram em

Individualismo da dupla Erik e Otero atrapalha o Galo

Erik e Rómulo Otero foram escalados como titulares no jogo contra o América-MG para tentar municiar Ricardo Oliveira, mas estiveram longe disso durante o confronto. A dupla prendeu muito a bola em lances que poderia acionar um companheiro e acabou atrapalhando o Galo no confronto. O venezuelano ainda recebeu um amarelo por simular um pênalti.

Galo encontra dificuldade no Horto em 2018

O Atlético-MG fez a quarta partida no estádio Independência em 2018 - a primeira como visitante. Mas conseguiu somente a sua segunda vitória no local. Os atletas de Thiago Larghi venceram o Democrata/GV em 21 de janeiro passado, empataram com o Patrocinense em 28 do mesmo mês e perderam para a Caldense em 10 de fevereiro. Todos os jogos eram válidos pelo Campeonato Mineiro.

Ficha técnica
América-MG 0 x 3 Atlético-MG

Motivo: 7ª rodada do Mineiro
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 18 de fevereiro de 2018 (domingo)
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Ricardo Junio de Souza

Cartão amarelo: Aylon, Rafael Lima, Renan Oliveira (América-MG); Gabriel, Rómulo Otero (Atlético-MG)

Gols: Róger Guedes - 45'/1ºT (0-1); Róger Guedes - 40'/2ºT (0-2); Ricardo Oliveira - 46'/2ºT (0-3)

América-MG
Glauco; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Zé Ricardo, Juninho, Serginho (Marquinhos) e Aylon (Renan Oliveira); Luan (Carlinhos) e Rafael Moura.
Técnico: Enderson Moreira.

Atlético-MG
Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Rómulo Otero (Tomás Andrade) e Erik (Juan Cazares); Róger Guedes (Luan) e Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos