Lucas Silva muda forma de atuar e vira maior ladrão do Cruzeiro em vitória

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • © Rafael Ribeiro/Light Press/Cruzeiro

    Lucas Silva, meio-campista do Cruzeiro, foi o maior ladrão de bolas na vitória sobre a URT

    Lucas Silva, meio-campista do Cruzeiro, foi o maior ladrão de bolas na vitória sobre a URT

Novamente escalado como primeiro volante por Mano Menezes, Lucas Silva não decepcionou. Ele já havia desempenhado esta função no duelo contra o Boa Esporte, pela oitava rodada do Estadual.

Titular da equipe na vitória por 3 a 0 sobre a URT, pela 10ª rodada do torneio, o jogador que pertence ao Real Madrid foi o maior ladrão de bolas do elenco no confronto ocorrido no Mineirão.

Lucas Silva desarmou os rivais em quatro oportunidades e liderou o quesito dentre os jogadores do Cruzeiro. Somente Victor Sallinas, do time visitante, roubou mais bolas que o camisa 16. O atleta da URT fez cinco desarmes no compromisso.

Há 11 dias, no triunfo sobre o Boa Esporte pelo mesmo placar, o meio-campista de 25 anos também desempenhou essa função. Ele fez três desarmes na ocasião, atrás somente de Bruno Silva, Mancuello e Lucas Romero.

Nessa terça-feira (6), às vésperas do jogo contra a URT, Lucas Silva falou sobre o seu futuro no Cruzeiro. O volante revelou que se encontrará com membros da cúpula para definir qual time defenderá ao término do contrato de empréstimo, em junho de 2018.

"Continuo até o meio do ano. Imagino que a gente deva conversar até o fim do mês (de março) para definir, ou ao menos ter algum início de conversa, saber o que vai acontecer. Estou tranquilo, bem focado aqui agora na reta final do meu contrato. E vamos deixar as coisas acontecerem quando começar as conversas", disse em entrevista coletiva. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos