Desempenho do Atlético-MG no Independência despenca nos últimos 10 meses

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Atlético-MG tem mais derrotas do que vitórias como mandante em 2018

    Atlético-MG tem mais derrotas do que vitórias como mandante em 2018

Em maio do ano passado, o Atlético-MG recebeu o Fluminense em jogo válido pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um triunfo faria o time de 2017 igualar o recorde estabelecido pela equipe que tinha Ronaldinho Gaúcho, que venceu 12 vezes seguidas no Independência, entre 2012 e 2013. Só que o time perdeu por 2 a 1 e viu a marca ser frustrada. Mais que isso, a partir dali o Atlético viu seu desempenho no Horto despencar.

Entre a reinauguração do estádio, em 2012, até o fim do Brasileirão de 2016, o Atlético ostentou o status de melhor mandante do Brasil, comprovado pelos números do clube dentro de casa. A primeira derrota no Independência só aconteceu em agosto de 2013, já com mais de um ano atuando na Arena reformada para ser sede de treinos durante a Copa do Mundo de 2014.

Somente em jogos do Brasileirão o aproveitamento era de 75% dos pontos como mandante. Desempenho muito alto que era mantido nas demais competições, como Campeonato Mineiro, Copa Libertadores e Copa do Brasil. Porém, a derrota para o Fluminense, em 21 de maio do ano passado, marcou o início de uma série de resultados ruins do Galo como mandante.

No último Brasileirão, por exemplo, o time alvinegro só foi melhor do que outras três equipes sob seus domínios. O desempenho médio como mandante, que foi de 75% entre 2012 e 2016, despencou para 44% no ano passado (incluindo uma derrota no Mineirão, para o Corinthians). Números ruins, que seguem na temporada 2018.

Como mandante, o Galo teve quatro jogos no Independência neste ano e venceu apenas uma vez. Foram duas derrotas e um empate. O aproveitamento dentro de casa é de apenas 33%, ainda pior do que foi no Brasileirão passado. Considerando o clássico com o América-MG, que teve mando do rival, o desempenho melhora um pouco, sobe para 46%.

Desde o começo do Brasileiro de 2017 até o clássico do último fim de semana, contra o Cruzeiro, o Atlético atuou 36 vezes no local, com 12 vitórias, cinco empates e nove derrotas. Foram 40 gols marcados e outros 30 sofridos.

Neste domingo, o Atlético recebe o Tombense, às 17h, no Independência, em jogo que vale um lugar entre os quatro melhores colocados. Uma vitória mantém o Galo na terceira colocação e ainda vai melhorar um pouco o desempenho recente nos jogos do clube no Horto. Mas, curiosamente, a única vantagem dada aos times melhores colocados no Mineiro, nas quartas de final, é o direito de fazer o jogo único das quartas de final como mandante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos