Atlético avalia 1ª fase do Mineiro e quer quatro reforços para o Brasileiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Thiago Larghi comandou o Atlético-MG em seis rodadas no Mineiro e somou dez pontos

    Thiago Larghi comandou o Atlético-MG em seis rodadas no Mineiro e somou dez pontos

O Atlético-MG fez nesta temporada sua pior campanha na primeira fase do Campeonato Mineiro desde 2004, quando a competição passou a ser disputada por uma fase inicial seguida de mata-matas para decidir o time campeão. Apesar de somar apenas 18 pontos em 33 disputados, a participação do clube foi avaliada como positiva pela direção de futebol. Mesmo com a satisfação, o Atlético vai em busca de reforços para o Campeonato Brasileiro.

"A gente se sente contente com essa classificação. Esperamos ter uma continuidade muito boa na competição", disse o diretor de futebol atleticano, Alexandre Gallo, que se mostra muito satisfeito com os primeiros meses de trabalho.

"Dentro do que a gente programou, tivemos alguns problemas. Planejamentos são feitos para serem executados ou, às vezes, para mudar o rumo. Mudamos o rumo e estamos satisfeitos".

Como seis vitórias, dois empates e três derrotas, o Atlético terminou a primeira fase na terceira colocação. Os rivais Cruzeiro e América-MG garantiram as primeiras colocações com algumas rodadas de antecedência. Assim, caso o Atlético supere a URT na semifinal e encontre o América, a vantagem de jogar por dois empates vai ser da equipe alviverde. O mesmo acontecerá em caso de duelo com o Cruzeiro, na decisão do Estadual.

Apesar de classificar a participação do Atlético na primeira fase do estadual como boa, o diretor de futebol, Alexandre Gallo, confirmou que o clube segue em busca de reforços visando o Campeonato Brasileiro. "A gente tem conversado muito sobre isso. Vamos com certeza reforçar. Qualquer equipe do Brasil busca reforços e nós também buscamos", disse Gallo, que projeta um número mínimo de contratações nas próximas semanas.

"Estamos atentos e conversando bastante. Não temos um número exato de reforços para buscar, pois pode quebrar a negociação por um fator ou outro. Mas pelo menos três a quatro reforços. Bons atletas que virão para ajudar o Atlético", completou o dirigente.

Para a temporada 2018 o clube mineiro já contratou sete jogadores. O lateral direito Samuel Xavier, o zagueiro Iago Maidana, o volante Arouca, o meia Tomás Andrade e os atacantes Erik, Róger Guedes e Ricardo Oliveira. Outra situação que o diretor de futebol do Atlético vai ter de tratar nos próximos dias é a definição sobre o treinador.

Thiago Larghi segue como interino e, por enquanto, não será efetivado no cargo. O clube monitora o mercado em busca de um nome para dirigir o time na sequência da temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos