Atlético-MG tira lições de tropeço para disputar sete decisões em sequência

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vale/AGIF

    Thiago Larghi espera ver um Atlético-MG melhor diante da URT

    Thiago Larghi espera ver um Atlético-MG melhor diante da URT

O Atlético-MG está classificado à quarta fase da Copa do Brasil, mas a maneira como eliminou o Figueirense gerou muita preocupação entre torcedores e até mesmo dentro do clube. O Galo avançou nos pênaltis, após ser derrotado por 2 a 1 pelo Figueira, no Independência. A derrota da quarta-feira serviu para a comissão técnica e os jogadores tirarem várias lições, já que o clube pode disputar até sete partidas seguidas de mata-mata.

Sequência que começa com a URT neste domingo, às 16h, pelas quartas de final do Campeonato Mineiro. Por ter feito melhor campanha, a única vantagem do Atlético é atuar como mandante. Em caso de empate, a decisão da vaga na semifinal será nos pênaltis. Algo que todos dentro do Galo querem evitar.

"Acho que serve de lição como todos os jogos. O jogo de quarta teve suas características próprias e tirar as lições é importante. Estamos no início e temos que levar em consideração para buscar nossa evolução. A gente tirou lições, conseguimos melhorar e vamos consertar para fazer grande jogo no domingo", comentou o técnico interino Thiago Larghi, que falou sobre o que não deu certo diante do Figueirense.

"É um processo. Nos últimos jogos, falaram que criamos muitas oportunidades, mas perdemos muitos gols. Nesse jogo último, não foi o que aconteceu, pois conseguimos chegar na frente, mas não conseguimos furar a defesa, as jogas de infiltração e os cruzamentos não conseguimos cabecear. É um processo. A gente trabalha para conseguir. Se estávamos criando oportunidades, é porque tinha algo bem e algo efetivo com as perdas dos gols. Quando juntar a criação de jogadas com a conclusão a gols, sabemos que o grupo tem condição de converter as chances".

Para chegar aos sete jogos de mata-mata em sequência, o Atlético precisa superar a URT, neste domingo, além de vencer o confronto na semifinal do Mineiro, chegando à final da competição. Antes da estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Vasco, que deve acontecer no dia 15 do próximo mês, o Galo ainda joga as partidas de ida pela quarta fase da Copa do Brasil e pela primeira fase da Copa Sul-Americana.

Para Thiago Larghi, que se tornou treinador interino do Atlético na primeira semana de fevereiro, o time tem mostrado evolução em certos momentos. O comandante consegue apontar pontos positivos diferentes em cada um dos jogos que o Galo disputou desde então. O desafio, agora, é conseguir fazer a equipe ter uma regularidade, já que uma jornada ruim pode custar a eliminação no Mineiro e complicação nas Copas.

"A gente vê o processo de evolução. Numas partidas, umas coisas funcionam melhor e outras, as transições funcionam bem, com time mais compacto e saídas rápidas. Em outras, observamos a construção sendo bem feita e o time conseguindo sair de atrás e chegar ao terço de ataque com a bola no pé. E também parece que nos últimos oito jogos são quatro gols sofridos. Percebemos certa solidez na defesa. São momentos, um jogo percebemos uma fase melhor e outro jogo, outra. É um processo de construção e sabemos que teremos jogo mais difíceis pela frente e a gente se prepara justamente para isso".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos