Fábio Santos cita longevidade de Mano e admite: "o Cruzeiro está na frente"

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vale/AGIF

    Lateral esquerdo admitiu que o rival Cruzeiro está um passo à frente do Atlético-MG

    Lateral esquerdo admitiu que o rival Cruzeiro está um passo à frente do Atlético-MG

O futebol demonstrado pelos rivais Atlético-MG e Cruzeiro é bem distinto neste início de ano. Enquanto o Galo sofre para vencer adversários teoricamente mais fracos, seja no Mineiro ou na Copa do Brasil, o time celeste contabiliza dez vitórias nos primeiros 13 jogos e só perdeu um jogo em 2018, na estreia da Libertadores. Essa disparidade técnica também é reconhecida no elenco alvinegro. Autor do gol da classificação para a semifinal do estadual, Fábio Santos foi sincero na análise.

"Acho que é notório que o Cruzeiro está um pouco na frente, pela questão da continuidade do trabalho do Mano, que já vem com essa equipe há um ano e pouco, dois anos. E eu estou aqui há quase dois anos, vou completar no meio do ano os dois anos, e já estou no meu quarto ou quinto treinador. Essa mudança realmente dificulta bastante", comentou o lateral, em entrevista ao canal SporTV.

Atualmente, o Atlético-MG é comando por Thiago Larghi, interino que ocupa o cargo de treinador desde que Oswaldo deixou o comando da equipe, no início de fevereiro. De lá pra cá, o Galo já fez dez jogos com Larghi. Venceu seis, empatou um jogo e perdeu outros três. Em Minas Gerais desde junho de 2016, Fábio Santos já pegou cinco treinadores no comando do time: Marcelo Oliveira, Diogo Giacomini, Roger Machado, Rogério Micale e Oswaldo de Oliveira.

"Para você assimilar vários trabalhos é complicado. Quando você está começando a assimilar um trabalho, existe a mudança. Isso não é bom. O campeão da Copa do Brasil ano passado foi um treinador que está há mais tempo no cargo, o campeão brasileiro, que foi o Corinthians, também tem o (Fábio) Carille, que está há um pouco mais de tempo no cargo. Então não vejo o Cruzeiro mais forte, mas vejo a equipe do Cruzeiro, de repente, mais pronta que a nossa", acrescentou.

No único duelo entre Atlético e Cruzeiro até aqui em 2018, a Raposa levou a melhor e venceu por 1 a 0 dentro do Independência. Pelo estadual, as equipe só voltarão a se encontrar em uma eventual decisão. Para isso acontecer, o Galo precisará eliminar o também rival América e a Raposa passar pelo Tupi na semifinal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos