Erik 'pede passagem' no Atlético-MG e pode ser titular contra o Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Frequentemente utilizado por Larghi, Erik briga com Otero por uma vaga no time titular

    Frequentemente utilizado por Larghi, Erik briga com Otero por uma vaga no time titular

O técnico Thiago Larghi não revelou nomes, mas disse que ainda tem dúvidas no Atlético-MG que vai começar a partida contra o Cruzeiro, domingo (1), às 16h (horário de Brasília), na primeira final do Campeonato Mineiro. Uma delas é o atacante Erik, reforço do início do ano que já desbancou Róger Guedes e hoje é concorrente direto com Otero na equipe principal.

Nos últimos jogos, Erik dividiu com Otero as atenções de Thiago Larghi. Quando foi questionado sobre o assunto, o interino alegou que faz suas escolhas baseadas também no adversário seguinte. Nas quartas e na primeira semifinal, Erik levou a melhor, mas o venezuelano foi quem começou jogando no último compromisso.

"Eu sou um atleta muito de grupo. Quando você tem o grupo unido, forte, você tem que fazer seu melhor. Mas não temos reservas e titulares. A cada jogo, as coisas mudam muito. Me sinto titular e me sinto bem, mesmo quando eu estou no banco"

A favor de Erik está a explosão e a velocidade, além de ter mais cacoete para chegar dentro da área com mais facilidade para a finalização. Otero chama a atenção pela disciplina tática e principalmente pelas cobranças de falta, seu ponto mais forte.

Dos 18 compromissos do ano, Otero atuou em 14, sendo 11 como titular, um só a menos que Erik. Por algumas vezes, ambos jogaram juntos dentro de campo, mas a possibilidade de isso se repetir no clássico é pouco provável devido ao bom momento de Luan, que ocupa o setor direito do campo.

Larghi também estuda um sistema com nenhum dos dois em campo. Outra alternativa que não é descartada pelo treinador é optar por um esquema com três volantes e sem Otero ou Erik.

Atualmente, Adilson é o principal marcador no meio. Se ganhar a companhia de Gustavo Blanco, a nova formação daria a Elias mais liberdade para apoiar, como gosta de fazer o veterano.

Porém, para isso acontecer, algum dos três nomes do meio-campo deixaria o time. Como Cazares é o principal organizador e Luan atravessa boa fase, não haveria mais vaga para Otero ou Erik no time. Neste sábado, o Atlético-MG ainda realiza seu último treinamento antes do clássico, mas a atividade não será aberta para a imprensa, como aconteceu durante a semana. Desta forma, o time que começa a decisão do Mineiro só será conhecido horas antes de a bola rolar domingo no Independência.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos