Atlético busca supremacia em Minas, algo que não consegue desde os anos 80

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Atlético-MG pode conquistar neste domingo o quinto estadual na década

    Atlético-MG pode conquistar neste domingo o quinto estadual na década

Clube que mais vezes conquistou o Campeonato Mineiro, 44 vezes, o Atlético-MG viu seu rival se aproximar em número de títulos nas duas últimas décadas já encerradas. Entre 1991 e 2010, o Galo venceu o Estadual em somente seis oportunidades. No mesmo período, o Cruzeiro levantou a taça dez vezes, além do Supercampeonato Mineiro de 2002. Neste domingo, no Mineirão, às 16h, o Atlético pode recuperar a supremacia de títulos no estado, algo que não consegue desde os anos 80.

Naquela década o time alvinegro venceu o Mineiro sete vezes, contra apenas três do rival. Caso confirme o título nesta tarde, o Galo vai chegar à quinta conquista de estadual desde 2011. Nesta década, os títulos atleticanos foram em 2012, 2013, 2015 e 2017.

Para chegar ao 45º título em Minas Gerais, o Atlético conta com uma boa vantagem, conquistada após a primeira partida da final. O Galo venceu por 3 a 1, no último domingo, no Independência, com dois gols de Ricardo Oliveira e outro de Adilson. Arrascaeta descontou para o Cruzeiro. Placar que dá ao Atlético a vantagem de poder ser derrotado nesta tarde, por até um gol de diferença, para ficar com o título.

Porém, no discurso dos jogadores e do técnico Thiago Larghi, nada de jogar pela vantagem. O Atlético vai jogar para vencer. É o que garante o treinador alvinegro.

"O grupo está bastante consciente de que vai ser um jogo difícil, que tem uma equipe forte do outro lado. A mesma seriedade que a gente prepara para as outras partidas. Então, temos que continuar se concentrando em defender e também pensando em atacar, porque a gente também precisa buscar a vitória".

Andre Yanckous/AGIF
Leonardo Silva ergue o troféu após o título mineiro do Atlético em 2015

Jogador há mais tempo no clube e capitão do time, o zagueiro Leonardo Silva esteve presente nas quatro conquistas atleticanas nesta temporada. Com a experiência de quem disputou clássicos pelos dois lados, sendo 30 apenas com a camisa alvinegra, Leonardo Silva sabe muito bem que a vantagem do Galo é boa, mas não definitiva.

"Já disputei clássicos em diversas circunstâncias e quando se está dentro de campo, isso não faz nenhuma diferença. É o momento ali que vai definir a equipe que é melhor. São 11 contra 11 tentando uma taça. A equipe que se equilibrar melhor é que vai levar vantagem".

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X ATLÉTICO-MG

Data: 08 de abril de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Motivo: Final do Campeonato Mineiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (ambos SP)

CRUZEIRO: Fábio, Edílson, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho e Thiago Neves; Arrascaeta e Sassá.
Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Luan, Cazares e Otero; Ricardo Oliveira.
Técnico: Thiago Larghi (interino).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos