Topo

Futebol


Cruzeiro bate Patrocinense com gol de David e segue 100% no Mineiro

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-01-23T23:27:51

23/01/2019 23h27

O Cruzeiro segue 100% no estadual. Nesta noite de quarta-feira, a equipe de Mano Menezes recebeu o Patrocinense no Mineirão e venceu pelo placar de 1 a 0. O treinador utilizou uma formação mista e viu seus comandados sairem vitoriosos graças ao gol de David, pouco antes do intervalo.

Com a vitória, o Cruzeiro continua 100% no estadual, sobe uma posição e agora é o vice-líder. Com os mesmos seis pontos que o Tupynambás, a Raposa fica atrás no saldo de gols. Derrotado, o Patrocinense segue com três pontos, caindo para o quinto lugar.

Quem foi bem: apesar de estreante e há pouco tempo na Toca da Raposa, Luis Orejuela chamou atenção em seu primeiro jogo oficial. Reserva de Edilson, o colombiano desceu bem pelo lado direito e deu um bom cartão de visitas ao torcedor.

Patrocinense ganha no físico e mostra boa marcação

O Patrocinense mostrou estar bem encaixado dentro de campo. O clube não se intimidou no Mineirão e chegou a criar algumas boas chances. Defensivamente, conseguiu segurar bem as tentativas de infiltrações da Raposa, que só abriu o placar no final do primeiro tempo. Se foi superior em algum quesito na partida, certamente foi no condicionamento físico. Devido ao tempo maior de pré-temporada (o elenco de 2019 se apresentou em dezembro), os jogadores visitantes estiveram mais inteiros e ganharam na corrida dos cruzeirenses em alguns momentos.

Fred desiste da máscara após meia hora de jogo

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Desde que fraturou o nariz no primeiro jogo-treino do ano, Fred passou a usar uma máscara para proteger o local operado. Mas o atacante não se adaptou bem e desistiu de usar o acessório aos 29 minutos de jogo. Após não conseguir alcançar um lançamento de Robinho, o camisa 9 ficou bravo e jogou a máscara para fora do gramado.

Cruzeiro não cria muito, mas sai na frente com David

O time celeste esbarrou na boa marcação do Patrocinense. Maior responsável pela criação, Robinho teve pouca ajuda na organização das jogadas, e teve dificuldades para encontrar espaço nas linhas adversárias. Sem tanto sucesso pelo meio, o time explorou as descidas do estreante Orejuela e de Egídio. Em uma delas, o lateral esquerdo colocou a bola na cabeça de David, que subiu livre e marcou. O adversário reclamou muito do lance, mas após tocar o travessão a bola quicou claramente dentro do gol, que foi confirmado pelo árbitro.

Jogo segue equilibrado e Fábio salva o Cruzeiro quando preciso

A partida continuou boa no segundo tempo, com o Cruzeiro levemente superior e em busca de mais um gol, enquanto o Patrocinense jogava de igual para igual tentando encontrar um empate. Apesar de ter levado pouco susto, o goleiro Fábio correspondeu quando foi preciso. Na disparada de Arilson, o volante ficou cara a cara com o camisa 1, mas parou na ótima defesa e perdeu a chance de igualar o marcador.

Raposa toma controle da partida e termina pressionando

Os 15 minutos finais da partida foram apenas de um time. Com o Patrocinense já apostando nos contra-ataques, o Cruzeiro passou a maior parte do tempo no seu campo de ataque e ofereceu mais perigo. De cabeça, Léo quase marcou, Pouco depois, Sassá pegou de longe e acertou um chute que explodiu no travessão. Próximo dos acréscimos, o atacante ainda disparou livre desde o meio de campo, mas demorou demais, viu o zagueiro se recuperar na jogada e acabou travado na hora da finalização. 1 a 0 placar final.

CRUZEIRO 1x0 PATROCINENSE

Motivo: 2ª rodada do Mineiro
Data/Hora: 23/01/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Michel Patrick Costa Guimarães
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Leonardo Henrique Pereira

GOL: David, 42'1ºT (1-0)
Cartões amarelos: - - -
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 11.363 pagantes/15.141 presente/R$136.550,50.

Cruzeiro: Rafael; Orejuela, Léo, Murilo e Egídio; Ariel Cabral (Lucas Silva, 27'2ºT), Lucas Romero; Robinho, Jadson, David (Sassá, 4'2ºT); Fred (Raniel, 39'2ºT). Técnico: Mano Menezes.

Patrocinense: Júlio César; Ângelo, Diego Borges, Betão e Ian Barreto; Bruno Moreno, Arilson e Pavani (Tony Galego, intervalo); Dedê, Felipe Alves (Gabriel Barcos, 29'2ºT) e Davi (Fernando, 36'2ºT). Técnico: Wellington Fajardo.

Mais Futebol