UOL Esporte Mundial Sub 20
 
29/09/2009 - 18h00

Por vaga antecipada, Brasil faz 'final' do grupo contra República Tcheca

Depois de estrear com o pé direito no Mundial sub-20, o Brasil terá pela frente o teste mais difícil do Grupo B. Favorita ao título, a equipe verde-amarela volta a campo em Port Said, às 13h45 desta quarta-feira (horário de Brasília), para decidir a liderança da chave contra a República Tcheca. Caso vença novamente, a seleção poderá se classificar para a segunda fase de maneira antecipada.

Thanassis Stavrakis/AP
Na estreia contra a Costa Rica, Alan Kardec marcou dois gols para a seleção brasileira
GANA E URUGUAI SE CLASSIFICAM
CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL SUB-20
LEIA MAIS SOBRE O MUNDIAL SUB-20
Atualmente, o Brasil possui três pontos ao lado dos tchecos. Se a Austrália não derrotar a Costa Rica (os dois países se enfrentam mais cedo nesta quarta), o Brasil já estará garantido nas oitavas-de-final com uma vitória na segunda rodada.

Mas para isso a seleção comandada por Rogério Lourenço terá que superar os atuais vice-campeões do mundo na categoria. Além de chegar ao Egito credenciada pela conquista, a República Tcheca mostrou boa forma em sua estreia contra a Austrália e levou a melhor por 2 a 1.

"Vimos que vai ser difícil. Eles têm uma equipe grande e forte e deu para perceber que vai ser complicado. Precisamos repetir o que fizemos no primeiro jogo e envolver eles com nosso toque de bola. Isso pode fazer a diferença outra vez", destacou o meia Boquita, autor do último gol na vitória por 5 a 0 sobre a Costa Rica.

Para a partida desta quarta-feira, o técnico Rogério Lourenço não tem desfalques e nem atletas pendurados, já que o Brasil passou toda a estreia sem levar nenhum cartão. O treinador confirmou que manterá o esquema 4-4-2, com Alex Teixeira e Alan Kardec no ataque.

"Tivemos uma boa estreia. Falta só ajustar um pouco a marcação. Conseguimos nos acostumar rapidamente ao estilo de jogo e ficamos entrosados. Estamos confiantes após nossa primeira partida", destacou o meia-atacante vascaíno Alex Teixeira.

A República Tcheca, por sua vez, adota um discurso bem cauteloso em relação ao Brasil. O técnico Jakub Dovalil admitiu ter ficado surpreso com a goleada verde-amarela e salientou que sua equipe não terá muito sucesso se não melhorar de rendimento.

"Ficamos contentes pelo o que apresentamos na estreia, mas podemos ir muito além e precisamos. Sabemos que temos de evoluir devido ao nosso adversário. O Brasil foi fantástico. Só que essa é a nossa chance de avançar, então somos forçados a apresentar mais qualidade contra eles", ponderou o treinador tcheco.

BRASIL X REPÚBLICA TCHECA

Data: 30/09/2009 (quarta-feira)
Horário: 13h45 (de Brasília)
Local: estádio Port Said, em Port Said (Egito)
Transmissão na TV: Bandeirantes e Sportv
Árbitro: Alberto Undiano (ESP)
Auxiliares: Fermin Martínez e Juan Carlos Yuste Jimenez (ambos da ESP)

BRASIL
Rafael; Douglas, Dalton, Rafael Tolói e Diogo; Souza, Maylson, Giuliano e Paulo Henrique Ganso; Alex Teixeira e Alan Kardec
Técnico: Rogério Lourenço

REPÚBLICA TCHECA
Vaclik; Lecjaks, Hosek, Mazuch e Vacha; Celustka, Moravek, Zeman e Marecek; Vosahlik e Rabusic
Técnico: Jakub Dovalil

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host