UOL Esporte Mundial Sub 20
 
03/10/2009 - 07h00

Com reservas, Brasil encara Austrália para retomar embalo e status no Mundial

O Brasil quer provar que ainda é o favorito à conquista do Mundial Sub-20. Depois de um empate inesperado contra a República Tcheca, o time verde-amarelo encerra sua participação no Grupo E diante da Austrália, às 16h30 deste sábado (horário de Brasília), em Port Said. Com a equipe formada por reservas, a seleção volta a campo para retomar o embalo no Egito e apagar a má impressão deixada no meio da semana.

LOURENÇO FALA SOBRE A AUSTRÁLIA

Os quatro pontos na tabela já renderam a vaga nas oitavas-de-final para o Brasil. Contudo, a seleção precisa da vitória para assegurar o primeiro lugar, pois a República Tcheca segue colada com a mesma pontuação. Em seguida, aparecem Costa Rica, com três, e Austrália, sem nenhum.

Caso mantenha a liderança, o Brasil enfrenta o Uruguai na próxima fase - a equipe celeste ficou atrás de Gana no Grupo D. Se avançar em segundo, o time verde-amarelo encara o melhor do Grupo F, formado por Emirados Árabes, Honduras, Hungria e África do Sul.

Além de garantir a ponta da classificação, a seleção sul-americana entra pressionada para voltar a encantar no Mundial. A equipe teve uma das melhores apresentações do torneio ao golear a Costa Rica por 5 a 0 na estreia, mas depois teve grande queda de rendimento diante dos tchecos.


"Vamos mostrar que podemos fazer mais do que isso. Temos qualidade e podemos chegar longe. Ainda temos que acertar algumas coisas, mas com certeza podemos brigar pelo título", destacou o goleiro Rafael.

AP
Ganso (11) será um dos únicos titulares que começarão a partida contra a Austrália
A CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO E
Apesar de o confronto valer a liderança para o Brasil, o técnico Rogério Lourenço irá testar várias mudanças na equipe principal e escalar apenas três titulares: Rafael, Maylson e Paulo Henrique.

O treinador tem seis jogadores pendurados com um cartão amarelo e desta maneira também poderá observar alguns atletas que ainda não atuaram. "É uma boa oportunidade para dar ritmo aos atletas e só uma partida assim concede isso", comentou o treinador brasileiro.

A Austrália, por sua vez, se apega às chances remotas de classificação para tentar seguir no Egito. Ainda assim, o discurso da comissão técnica não é muito otimista e já prepara o retorno da seleção à Oceania da melhor maneira possível.

"Você sempre precisa ser positivo, mas também precisa ser realista; Precisamos manter a cabeça alta e ficar fortes para enfrentar o Brasil e conquistar o melhor resultado possível. Não queremos voltar para a Austrália sem nenhum ponto", afirmou o treinador Jan Versleijen.

AUSTRÁLIA X BRASIL

Data: 03/10/2009 (sábado)
Horário: 16h30 (de Brasília)
Local: estádio Port Said, em Port Said (Egito)
Transmissão na TV: Bandeirantes e Sportv
Árbitro: Franck de Bleeckere (Bélgica)
Auxiliares: Peter Hermans e Walter Vromans (ambos da Bélgica)

AUSTRÁLIA
Bouzanis, Mullen, Devere, Holland e Kantarovski; Jurman, Mooy, Danning e Nichols; Oar e Rooney
Técnico: Jan Versleijen

BRASIL
Rafael; Wellington Júnior, Fabrício, Renan e Bruno Bertucci; Maylson, Boquita, Paulo Henrique Ganso e Douglas Costa; Maicon e Ciro
Técnico: Rogério Lourenço

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host