UOL Esporte Mundial Sub 20
 
13/10/2009 - 07h04

Brasil encara Costa Rica na semi movido por 'obrigação' no Mundial

A seleção brasileira não terá desculpas se for eliminada pela Costa Rica no Mundial sub-20. É assim que o time verde-amarelo encara a disputa por uma vaga na decisão. Favorito ao título e único país com tradição ainda no torneio, o Brasil encara a Costa Rica às 15h (de Brasília) desta terça-feira movido pela "obrigação" da vitória na semifinal.

"A pressão é grande e temos que ser campeões. Para a Costa Rica já é uma glória chegar à semifinal, mas para o Brasil não. Será uma partida muito difícil, mas a pressão e a obrigação da vitória estão todas do nosso lado", comentou o volante Souza.

Após uma série de surpresas nos jogos eliminatórios, o Brasil foi o único país com um título no Sub-20 que se classificou para a semifinal - além da Costa Rica, Gana e Hungria disputam uma vaga na decisão.

O histórico da seleção, tetracampeã do Mundial da categoria, aliado à boa campanha da equipe no Egito aumentaram ainda mais o favoritismo do Brasil na reta final do torneio. Não só isso, como o Brasil encara a Costa Rica na semifinal depois de já ter goleado o rival centro-americano por 5 a 0 na estreia.

"O Brasil é o país do futebol, onde for será favorito. Aqui talvez seja até mais, pela tradição dos outros times na semifinal. A obrigação da vitória está do nosso lado. Temos que botar na cabeça que viemos para ser campeões", completou o lateral-esquerdo Diogo.

Para o duelo desta terça-feira, o técnico Rogério Lourenço contará com os retornos de Rafael Tolói e Souza, que cumpriram suspensão. Além deles, o volante Maylson retorna ao time recuperado de uma gripe. A má notícia fica por conta da ausência do lateral Douglas, que recebeu seu segundo amarelo e será substituído por Wellington Júnior.

A Costa Rica, por sua vez, chega à semifinal tratando a partida como uma das mais importantes de sua história. Tanto, que o governo do país instituiu um feriado nesta terça para todos assistirem ao jogo: durante três horas nenhum funcionário público precisará trabalhar.

"Temos de ser mais prudentes do que fomos no primeiro jogo e, acima de tudo, aproveitar todas as chances que tivermos. Não podemos deixar os erros deles saírem impunes, pois eles não farão isso como já descobrimos. Mas tenho certeza que esta não será uma partida fácil para eles", alertou o atacante Marcos Urena.

BRASIL X COSTA RICA

Data: 13/10/2009 (terça-feira)
Horário: 15h (de Brasília)
Local: Estádio Internacional do Cairo, no Cairo (Egito)
Transmissão na TV: Bandeirantes e Sportv
Árbitro: Alberto Undiano (Espanha)
Auxiliares: Fermin Martínez e Juan Yuste Jimenez (ambos da Espanha)

BRASIL
Rafael; Wellington Júnior, Dalton, Rafael Tolói e Diogo; Souza, Maylson, Giuliano, Paulo Henrique Ganso e Alex Teixeira; Alan Kardec
Técnico: Rogério Lourenço

COSTA RICA
Alvarado; Mena, Smith, Gutierrez e Blanco; Hernandez, Martínez, Oviedo e Estrada; Madrigal e Urena
Técnico: Ronald González

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host