UOL Esporte Campeonato Paranaense
 
25/03/2010 - 22h41

Marcelo Oliveira mostra irritação em entrevista, após derrota do Paraná

Do UOL Esporte
Em Curitiba

O técnico Marcelo Olivera, do Paraná, mostrou irritação com perguntas sobre o desempenho do time, na derrota por 1 a 0 para o Coritiba, nesta quinta-feira. Questionado sobre a escalação da equipe, sem o meia Éverton, o treinador mostrou contrariedade.

"Se faz o gol, como fizemos em Paranaguá [na primeira fase], teria sido tudo perfeito. Infelizmente a análise é sempre feita em cima do resultado. Mas venha jogar aqui, contra o Coritiba, um time forte, técnico, que joga com três atacantes, pra ver ser é fácil", declarou.

O PARANÁ NO TWITTER

O treinador também fez reparos à arbitragem e reclamou dos critérios usados pelo árbitro para a aplicação de cartões.

"Os árbitros brasileiros se preocupam mais com uma bola que é jogada pra trás e deixam o carrinho, a jogada violenta. Não digo que o Jefferson não errou, mas os jogadores do Coritiba também tiveram lances semelhantes e ele não deu o cartão", disse, comentando a expulsão do lateral-direito Jefferson, aos 30 minutos do segundo tempo.

Apesar de a derrota ter deixado o Paraná a cinco pontos do Coritiba, que lidera o octogonal, Oliveira disse que ainda não jogou a toalha.

"Acho que ainda pode acontecer muita coisa neste campeonato. Todos sabem que este regulamento é estranho. Nossa intenção aqui era dar uma ajeitada no campeonato, porque este regulamento não existe em lugar nenhum do mundo: um time jogar com 2 pontos extras e disputar todas as partidas em casa. Infelizmente não conseguimos vencer, mas ainda não acabou", declarou.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host