Topo

Futebol


Presidente do Coritiba vê ameaça do Atlético-PR em dar WO como 'gozação'

Vilson Ribeiro de Andrade viu ameaça do Atlético-PR em dar WO na decisão como 'gozação'

Do UOL, em São Paulo

2013-05-08T11:28:46

08/05/2013 11h28

A decisão do Campeonato Parananense vem gerando polêmica. Por meio de sua página no Facebook, o Atlético-PR criticou, na terça-feira, a arbitragem do primeiro jogo decisivo --empate por 2 a 2-- e chegou a ameaçar dar WO na segunda partida, agendada para domingo. O Coritiba, por outro lado, viu como uma espécie de ‘gozação’ da diretoria rival.

O clube atleticano postou uma carta do presidente Mario Celso Petraglia, reclamado de erros do árbitro Edivaldo Elias da Silva no último domingo, pedindo arbitragem de fora do estado para a próxima partida e ameaçando não colocar o time sub-23 em campo contra o Coritiba. E foi além. Não descartou utilizar até um time sub-18 na edição 2014 do Paranaense.

A Federação Paranaense não se ‘sensibilizou’ com a postura do Atlético-PR e admitiu que a solicitação está rejeitada. O árbitro, segundo a entidade, será do Paraná e em um sorteio nesta quinta-feira. O Coritiba, que precisa de um empate no jogo de volta para assegurar o tetracampeonato, também criticou a postura atleticana.

“Ano passado, ele fez a mesma ameaça. Está ficando até chato. Acho que o presidente [Petraglia] é um homem inteligente. Uma declaração dessa não condiz com a inteligência dele. Isso [WO] é uma brincadeira. Vou levar isso na gozação. É brincadeira de uma pessoa que está num momento de alegria, de muita euforia”, disse o presidente Vilson Ribeiro de Andrade àrádio 98FM.

Mais Futebol