Topo

Futebol


Técnico minimiza vice e promete Coritiba 'tranquilo e sereno' ao fim do ano

Do UOL, em São Paulo

2015-05-04T14:31:00

04/05/2015 14h31

Apesar da decepcionante derrota para o Operário na final do Campeonato Paranaense (5 a 0 na somatória), o técnico Marquinhos Santos acredita que o Coritiba terá uma temporada sem sofrimento, ao contrário do que aconteceu em 2014. Para o treinador, o clube perdeu apenas uma ‘batalha’ no último domingo, e tem condições de terminar 2015 sem qualquer aperto.

“Não temos dúvidas de que no fim do ano estaremos tranquilos e serenos, sem o sofrimento de anos anteriores. Em 2013, fomos campeões estaduais e depois quase rebaixados no Brasileiro. Agora, perdemos a primeira batalha. Ao final das outras batalhas é que saberemos se vencemos a guerra”, afirmou o treinador, que não deixou de assumir a culpa pelo vice.

Porém, preferiu não fazer qualquer outro tipo de avaliação sobre a derrota na final: “Assumo a minha como líder. O grupo está de parabéns, foram homens até o fim Vamos seguir acreditando na coerência e na força do projeto. É difícil fazer avaliações neste momento”.

Marquinhos Santos ainda procurou justificar a derrota e exaltou o trabalho realizado: “Tivemos uma reformulação geral. Cerca de 17 atletas saíram, outros 12 chegaram. Isso gera insegurança. Por causa disso, no início do campeonato sequer éramos tidos como favoritos”.

O Coritiba agora se prepara para encarar o Fortaleza pela segunda fase da Copa do Brasil. O primeiro jogo acontece já nesta quarta-feira, no Castelão, às 19h30 (de Brasília). Depois, começa a trabalhar visando a estreia no Campeonato Brasileiro, competição pela qual encara a Chapecoense no sábado, em Chapecó, às 18h30.

Mais Futebol