Meia do Atlético-PR pede desculpa por expulsão e Autuori isenta arbitragem

Do UOL, em São Paulo

A arbitragem que expulsou Gedoz no segundo tempo da derrota por 3 a 0 do Atlético-PR diante do Coritiba não incomodou Paulo Autuori. Enquanto isso, o jogador foi às redes sociais para pedir desculpas à torcida.

"Bom, primeiramente, queria pedir desculpa a todos os torcedores atleticanos pela minha expulsão. Sei que não tive uma tarde boa hoje, mas uma coisa que eu aprendi é nunca abaixar a cabeça para nada", escreveu o camisa 10 em sua conta do Instagram.

Reprodução/Instagram

O Coritiba construiu o placar com gols de Werley, Iago e Kleber. O Gladiador, aliás, foi o protagonista do lance que gerou a expulsão de Gedoz, já que o árbitro Rodolpho Toski Marques viu falta do rubro-negro. Torcedores atleticanos reclamaram na internet: para eles, foi o atacante coxa-branca que fez falta. O técnico Paulo Autuori não viu erro da arbitragem no lance.

"O que me preocupa é a lesão do João Pedro [atleta se chocou de cabeça com Alan Santos e foi levado de ambulância ao hospital, onde já recebeu alta], ou o Nikão que teve que sair por causa do ombro... A arbitragem não teve nada, absolutamente nada. Falar disso é mediocridade, é querer justificar nossos erros. Falar de arbitragem em um jogo desse é estar completamente fora da casinha", disse o treinador na entrevista coletiva.

O atleta reconhece que já não fazia boa partida antes da expulsão. "Sei que é difícil pois fomos derrotados pelo nosso maior rival e eu me sinto culpado pela derrota, mas são coisas que acontecem no futebol. Nem sempre terei um dia excelente em campo. Mais uma vez, peço mil desculpas a todo torcedor e, principalmente, aos meus companheiros de trabalho", prosseguiu Gedoz.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos