Atlético-PR busca manter 100% com aspirantes contra time de Richarlysson

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Miguel Locatelli/Site oficial CAP

    Aspirantes do Atlético ganharam as duas que jogaram até então

    Aspirantes do Atlético ganharam as duas que jogaram até então

Com uma equipe totalmente diferente e dedicada ao Campeonato Paranaense, o Atlético sequer pode falar em divisão de atenções com o duelo da Copa do Brasil previsto para a próxima terça (30), em Caxias do Sul, contra o Caxias.

Assim sendo, o time de aspirantes que conquistou duas vitórias nos dois primeiros jogos (2 a 1 Maringá e 3 a 0 Paraná) voltará a campo sob o comando de Tiago Nunes para buscar o 100% contra o Cianorte, time do ex-são-paulino Richarlysson, em jogo na Arena da Baixada às 17h deste sábado (27). O início da equipe é o mais promissor desde que o clube utiliza equipes alternativas no Estadual, projeto que começou em 2013 e teve um rápido intervalo em 2016.

A diferença desta equipe para as demais é a mescla com jogadores já experimentados. Caso do meia João Pedro, que apesar de jovem foi peça fundamental no acesso do Paraná Clube para a Série A do Brasileiro, atuando por empréstimo, e na volta ao Furacão foi decisivo justamente contra seu ex-time, com um gol e duas assistências. Ou do goleiro Santos, reserva de Weverton no time principal há seis temporadas, e que neste ano ganhou a chance nesta equipe enquanto disputa vaga com Léo no elenco de Fernando Diniz.

"Vejo esses jogadores preparados para serem campeões e fazerem história no clube. Tenho certeza que o Fernando Diniz está olhando todos desta equipe. Cabe a nós, estar preparados porque as oportunidades vão aparece. Tenho uma história no clube e todos sabem do que sou capaz e a pessoa que sou. Liderança se constrói no dia a dia com trabalho e dedicação", disse em entrevista coletiva após a vitória no Derby.

Martins Neto/Cianorte FC
Richarlysson na estreia pelo Cianorte: ainda se adaptando

Do outro lado estará Richarlysson, liderança do Cianorte e rival antigo do Atlético nos tempos de São Paulo, Atlético-MG e Vitória. Pelo Tricolor paulista, Richarlysson marcou época e estava no elenco que bateu o Furacão nas finais da Libertadores em 2005. Não atuou nas finais, mas jogou pouco depois delas no jogo realizado na Arena da Baixada e vencido pelo Atlético por 4 a 2, numa espécie de revanche pelo fato do primeiro jogo decisivo ter sido levado ao Beira Rio, em história relembrada pelo ex-atacante Aloísio nesta semana.

Em Cianorte, Richarlysson ainda readquire ritmo de jogo. Não atuou na partida de estreia do time no Paranaense (3 a 3 com o Rio Branco) e entrou já no final do jogo da segunda rodada, vitória sobre o União por 2 a 0.

ATLÉTICO-PR X CIANORTE

Data: 27 de Janeiro de 2018, sábado
Horário: 17h (de Brasília)
Motivo: 3ª rodada do Campeonato Paranaense
Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Árbitro: Murilo Ugolini Klein
Auxiliares: Giovani Marlus de Oliveira Massoquetto

Atlético-PR: Santos (Léo); Cascardo, José Ivaldo, Emerson e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Deivid (Pierre), Giovanny e João Pedro; Yago (Demethryus) e Ederson. Técnico: Tiago Nunes.

Cianorte: Sílvio; Gerônimo, Montoya, Marcão e Rafael Xavier; Sidnei, Rafael Carrilho (Richarlysson), Filipe Ramon e Maikinho; Neto Costa e  André Luis. Técnico: Marcelo Caranhato.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos