Coritiba acaba com invencibilidade do Atlético-PR e abre vantagem na final

Do UOL, em São Paulo

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

Entre os times da Série A do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR era o único invicto até este domingo (1). Mas o Furacão sofreu a primeira derrota na hora errada, logo contra o rival Coritiba e no primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense. Em casa, o Coxa conseguiu a vitória por 1 a 0 e ganhou uma importante vantagem para o jogo de volta. Agora poderá ser campeão com um empate no jogo de volta, na Arena da Baixada, no próximo domingo (8).

O Atlético-PR começou melhor no jogo, pois soube controlar o ímpeto ofensivo do time da casa e até levou perigo em finalizações de Pierre e Ederson. Mas Julio Rusch fez um gol em cobrança de falta, aos 28min, e isso mudou a partida. O Furacão caiu de produção, enquanto o Coxa embalou e passou a dominar o jogo.

O Coritiba recuou no 2º tempo para apostar em contra-ataques. No início até conseguiu encaixar jogadas perigosas e assustou o goleiro Caio, com chances de Pablo e Thiago Lopes. Mas depois o Furacão passou a ter mais posse de bola. Apesar de sofrer pressão até o fim, o Coxa conseguiu segurar a vitória com boas defesas de Wilson.

Invencibilidade

Mesmo sem usar os principais jogadores no estadual, o Atlético-PR conseguiu se manter invicto até este domingo. Foram nove vitórias e quatro empates nos dois turnos da competição. A equipe conquistou a Taça Caio Junior e assim avançou pra final.

Gol de falta

Aos 27min do 1º tempo, Evandro ia em direção ao gol, mas foi derrubado por Pierre, que levou cartão amarelo. A posição era ótima para cobrança de falta, e Julio Rusch aproveitou bem a oportunidade para abrir o placar.

Substituição polêmica

Evandro era um dos melhores jogadores do Coritiba na partida, mas foi substituído por Guilherme Parede no 2º tempo. A troca rendeu algumas vaias para o técnico Sandro Forner. 

Vantagem

Se o Coritiba vencer ou empatar no jogo de volta, será campeão paranaense. Se o Atlético-PR vencer por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis. O Furacão só serão campeão direto se vencer por dois ou mais gols de diferença.

CORITIBA x ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Couto Pereira
Data: 1/04/2018
Árbitro: Rafael Traci 
Cartões amarelos:  Zé Ivaldo (CAP), Léo Pereira (CAP), Pierre (CAP), Bruno Guimarães (CAP), Matheus Galdezani (COR), João Paulo (COR)
Gols: Julio Rusch, aos 28min do 1º tempo

CORITIBA
Wilson; Marcos Moser, Thalisson  Kelven, Romércio e Léo Andrade; João Paulo, Júlio Rusch (Wellington Simião), Matheus Galdezani (Vitor Carvalho) e Thiago Lopes; Pablo e Evandro (Guilherme Parede)
Técnico: Sandro Forner

ATLÉTICO-PR
Caio; Diego Ferreira, José Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Pierre, Bruno Guimarães, e Matheus Anjos (Demethryus); João Pedro (Alex), Marcinho (Yago) e Éderson
Técnico: Tiago Nunes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos