Técnico do Atlético-PR lamenta primeira derrota: "maestria" em gol de falta

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Aquivo Pessoal

    Tiago Nunes falou sobre primeira derrota e cobrança de falta: "maestria"

    Tiago Nunes falou sobre primeira derrota e cobrança de falta: "maestria"

O técnico do time B do Atlético Paranaense, Tiago Nunes, lamentou o erro na saída de bola que originou a falta com o gol de Julio Rusch, na derrota para o Coritiba por 1 a 0 no primeiro jogo da final do Estadual 2018. Foi o primeiro resultado negativo na temporada após 19 partidas. Nunes elogiou a precisão de Rusch na cobrança.

"A gente sabia que ia ser decidido nos detalhes, duas propostas bem definidas, uma equipe marcando um pouco mais atrás, saindo em transição, no caso do Coritiba, nosso time tendo um pouco mais de posse de bola... características bem determinantes, acaba se tornando uma queda de braço, acabamos sendo penalizados no detalhe. Uma bola que a gente saiu jogando e a falta que o adversário conseguiu cobrar com maestria", declarou o técnico, que também falou da estratégia do rival.

"Tem o mérito fundamental do adversário, que nos marcou bem, e nós tivemos dificuldade de furar esse bloqueio. A gente sentiu, principalmente no segundo tempo, um pouquinho do desgaste. Mas atuamos de maneira equilibrada. Não é o resultado que gostaríamos. Quando você não faz uma circulação tão rápida e não faz o toque de primeira, é difícil furar uma situação assim. Talvez o resultado mais justo seria o empate, mas temos que valorizar quem vencer. Parabéns ao rival pela vitória, agora é descansar para fazer um bom jogo no domingo e consiga reverter esse placar", comentou Nunes.

O treinador ainda falou sobre a perda da invencibilidade, a primeira derrota no ano do time, que foi o último das Séries A e B a perder em 2018. "Tô muito tranquilo, mesmo. Não é o que a gente gostaria, os atletas ficaram chateados, porque nós temos certeza que poderia ter conseguido um resultado melhor aqui. Mas serve como um aprendizado, como um alerta. Nós temos todas as condições de buscar o resultado com um apoio maior da nossa torcida. É ter a tranquilidade de lidar com esse momento, sem cobranças excessivas."  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos