Topo

Paranaense - 2019


Sem depender apenas de si, Athletico busca reação pelo primeiro turno

Gabriel Machado/AGIF
Guanaes precisa vencer os dois jogos e torcer contra rivais de grupo Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

2019-02-01T11:32:19

01/02/2019 11h32

Com quatro pontos em quatro jogos, distante três pontos dos líderes Londrina e Operário no Grupo A, o Athletico Paranaense tem duas partidas para tentar uma vaga nas finais da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Paranaense 2019. A questão maior é que, como os jogos envolvem confrontos com os times do Grupo B, o Furacão não depende apenas de si para superar os rivais de chave - entre eles, ainda há o Toledo, com seis pontos.

O primeiro passo para o Athletico é tentar superar o Paraná Clube no Derby da Rebouças 99, neste domingo, 17h na Vila Capanema. Em paralelo, o Furacão precisa de derrotas do Londrina contra o Coritiba, do Operário para o Rio Branco e do Toledo para o Cianorte, para quem sabe chegar na última rodada dependendo somente de si, quando enfrentará o Cianorte em casa.

"O foco é esse. Ainda há chances matemáticas nesse primeiro turno e com expectativa de crescimento, de se fazer um bom jogo e de buscar a vitória contra o Paraná, que ainda nos deixa na briga pela classificação", disse o técnico Rafael Guanaes após a derrota no Atletiba 378, "A gente reconstruir já pensando no jogo do Paraná, usar esse jogo como aprendizado. Assim a gente tem trabalhado, com base no jogo anterior e mirando o próximo jogo. Pouco tempo entre um jogo e outro, envolve a recuperação dos jogadores, o que a gente tem de planos pra sequência."