Topo

Paranaense - 2019


Rodada pressiona Coritiba e complica Athletico por vaga nas semifinais

Dupla Atletiba sob pressão: Coxa depende de si, mas precisa vencer; Furacão tem de vencer e torcer - Gabriel Machado/AGIF
Dupla Atletiba sob pressão: Coxa depende de si, mas precisa vencer; Furacão tem de vencer e torcer Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

04/02/2019 12h37

A última rodada da Taça Barcímio Sicupira, o primeiro turno do Paranaense 2019, terá um Coritiba sob pressão e um Athletico torcendo contra ao menos três de quatro concorrentes em uma luta por uma vaga nas semifinais desta etapa. Dos 12 times que disputam o torneio, apenas dois não têm mais nenhuma chance de classificação. O regulamento prevê confronto contra clubes do outro grupo, o que deixa apenas Londrina, Operário, FC Cascavel e Coritiba dependendo só do próprio esforço para entrarem.

O Coxa, porém, tem um desafio e tanto: encarar o Operário em Ponta Grossa, em duelo que vale vaga para ambos. Quem vencer, passa. Um empate pode até classificar os dois clubes, que estarão em choque também na Série B nacional, desde que o Cianorte não goleie o Athetico na Arena da Baixada. 

Paraná e Athletico empataram: não há mais como o trio de Curitiba se classificar em conjunto para as semifinais - Gabriel Machado/AGIF
Paraná e Athletico empataram: não há mais como o trio de Curitiba se classificar em conjunto para as semifinais
Imagem: Gabriel Machado/AGIF

O Furacão torce por uma vitória do Coxa e outra do Paraná Clube, que visita o Londrina em outro confronto da Série B nacional nesse Paranaense. O Tubarão precisa da vitória, sob pena de ver Operário, Toledo, Maringá e Athletico o ultrapassarem conforme o resultado; o Tricolor precisa vencer e torcer contra Coxa (e tirar uma diferença de dois gols), Recreativo e Cianorte.

Para o Athletico, as contas incluem a vitória sobre o Cianorte, as vitórias do Coritiba e do Paraná (ao menos uma) e ainda derrotas do Toledo para o Recreativo, em Cascavel, e do Maringá em casa para o FC Cascavel, o único já classificado. Quinto colocado com cinco pontos, o Furacão tem saldo zerado e precisa passar três times, ao menos. 

Há ainda uma inusitada possibilidade: caso o Athletico vença seu jogo por 2 a 0 e o Operário perca para o Coritiba por 2 a 1, contando ainda com derrota do Toledo e empate do Maringá, a decisão da vaga entre Furacão e Fantasma poderá ser no sorteio, já que estariam empatados em todos os critérios. Foz do Iguaçu e Rio Branco não têm chances de classificação.

O primeiro colocado de cada grupo enfrenta o segundo da mesma chave na semifinal, em jogo único na casa dos líderes. Os vencedores farão a final, também em jogo único na casa do melhor classificado na soma geral. O FC Cascavel tem 11 pontos e ainda pode ser ultrapassada por Londrina, Operário e Coritiba, que seriam os classificados de momento. O campeão estará na final do campeonato, que pode ser evitada caso o mesmo time vença também o segundo turno, que terá duelos dentro das chaves e semifinais contra os classificados do outro grupo.

Todos os jogos da última rodada da Taça Barcímio Sicupira serão no domingo, 17h.