! Ao estilo Muricy, Santos vence o Corinthians por 2 a 1 e é bicampeão paulista - 15/05/2011 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Campeonato Paulista
 
Paulo Whitaker/Reuters

Santos venceu o Coritnhians e conquistou o quarto título paulista da década

15/05/2011 - 17h56

Ao estilo Muricy, Santos vence o Corinthians por 2 a 1 e é bicampeão paulista

Carlos Padeiro e João Henrique Marques
Em Santos (SP)

Um ano depois de encantar o Brasil com muitos gols, o Santos adotou o estilo do vitorioso técnico Muricy Ramalho para conquistar o bicampeonato paulista. Neste domingo, o time da Baixada marcou dois gols, se trancou na defesa, levou um, ganhou do Corinthians por 2 a 1 e fez a festa na Vila Belmiro.

CONFIRA OS GOLS DA VITÓRIA DO SANTOS NA FINAL DO PAULISTÃO

O primeiro gol saiu dos pés de quem menos se esperava. Arouca, que nunca havia marcado em 65 partidas pelo Santos, fez 1 a 0, logo aos 16min. No segundo tempo, quando o Corinthians pressionava, Neymar anotou o segundo, em falha de Júlio César. Do outro lado, Rafael também falhou, Morais diminuiu aos 40min do segundo tempo e tornou emocionante os instantes finais.

NEYMAR CELEBRA E DESPERTA IRA RIVAL

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Após assumir publicamente ter engravidado uma jovem, Neymar não fez a tradicional comemoração de um jogador 'papai' ao marcar o gol do título na final contra o Corinthians, e sim, tirou a camisa, e despertou a ira da torcida corintiana ao festejar com os companheiros em baixo do lugar destinado aos torcedores visitantes.

Com o triunfo sobre o arquirrival, o Santos conquista o quarto título estadual neste início de século 21 (2006, 2007, 2010 e 2011) e deixa o Corinthians para trás com três (2001, 2003 e 2009). Além disso, dá o troco em relação a 2009, quando Ronaldo & Cia fizeram a festa na Vila.

No embalo da torcida, os donos da casa tomaram a iniciativa do jogo nos minutos iniciais. Os visitantes marcavam com quase todos os jogadores no campo de defesa.

As jogadas pelas laterais foram a solução encontrada pelos santistas para superar a retranca do rival. Jonathan era nome frequente pela direita e Zé Eduardo aparecia mais por aquele lado. Neymar, como de costume, atuou pela esquerda.

E foi em um apoio de Leo que surgiu o primeiro gol. O lateral-esquerdo tentou o passe nas costas da zaga, a bola desviou e sobrou para Zé Eduardo. O camisa 9 bateu cruzado, Arouca apareceu no caminho e desviou.

A vantagem no placar fez com que os santistas recuassem um pouco e os corintianos saíssem mais para o ataque. Jonathan saiu machucado minutos depois do gol.

O confronto ficou movimentado, e a equipe de Muricy teve as melhores chances. Arouca carimbou a trave, e Neymar perdeu um gol incrível, na cara de Júlio César, mas chutou em cima do goleiro. O conjunto de Tite assustava em lances de bola parada.

Tite mexeu no time na volta para o segundo tempo, quando sacou Dentinho para a entrada de Willian.

O Corinthians foi todo ataque, e o Santos abdicou de jogar. Chegou poucas vezes, principalmente graças a Neymar, que balançou as redes aos 38min. Morais diminuiu dois minutos depois.

Apesar dos sustos e da pressão corintiana, a equipe litorânea conseguiu segurar o resultado.

O QUE MARCOU O JOGO

Entre o amor e o ódio Torcedor Ronaldo Neymar x Castan
Ganso acompanhou a final no camarote da DIS e, durante o hino, foi reconhecido por torcedores que gritaram o seu nome. A manifestação tomou conta da arquibancada, enquanto outros o xingavam alertando sobre o perigo de ir para o Corinthians. Ronaldo compareceu à Vila para torcer pelo Corinthians pela primeira vez na condição de visitante. O Fenômeno chegou pouco depois do elenco, esteve no vestiário corintiano antes do jogo, e ficou no camarote ao lado de Andrés Sanchez. Neymar não teve problemas com Chicão, que no ano passado o criticou duramente por um chapéu aplicado com o jogo paralisado. Mas desta vez, o desentendimento foi com Leandro Castan. O zagueiro reclamou de uma simulação de falta do jovem e o empurrou após Neymar se levantar. A briga foi contida pelo árbitro.

PRINCIPAIS LANCES DA PARTIDA

PRIMEIRO TEMPO SEGUNDO TEMPO
7min - Arouca descola belo passe e acha Léo livre na área. O lateral chuta forte e cruzado, e a bola passa rente ao travessão 13min - Neymar faz bela jogada, tira três marcadores cortando para o meio e rola para Elano chutar cruzado. A bola vai para fora
16min - GOOOOLLLL DO SANTOS!!!! Zé Eduardo domina na área e bate cruzado. Arouca aparece no primeiro pau e com os pés desvia para o gol 15min - Willian chuta forte de fora da área, Rafael quase é enganado pela curva da bola, mas ninguém do Corinthians aproveita o rebote
34min - Na trave!!! Arouca de novo. O camisa 5 pega uma sobra na meia-lua e chuta forte. A bola toca na trave e por pouco não entra 37min - Jorge Henrique recebe de Willian e arrisca de fora da área. A bola sai com perigo
41min - UUUhhh!!! Em cobrança de falta, Chicão manda na área, a bola passa por todo mundo e sai rente à trave do gol de Rafael 38min - GOOOOLLLL DO SANTOS!!!! Neymar invade a área pela esquerda e bate colocado. Júlio César falha
43min - Incrível!!! Neymar recebe sozinho, invade a área, finge que vai chutar e acaba mandando em cima de Júlio César 40min - GOOOOLLLL DO CORINTHIANS!!!! Morais recebe na esquerda e cruza fechado para a área. Ninguém alcança, nem o goleiro Rafael, e a bola entra

 

Ficha da Partida

Santos Santos Técnico: Muricy Ramalho
1. Rafael
4. Jonathan
14. Pará
2. Edu Dracena
6. Durval
3. Léo
16. Alex Sandro
5. Arouca
7. Adriano
8. Elano
10. Alan Patrick
15. Rodrigo Possebon
11. Neymar
9. Zé Eduardo
2 1
Corinthians Corinthians Técnico: Tite
1. Julio Cesar
2. Alessandro
3. Chicão
4. Leandro Castan
6. Fábio Santos
5. Ralf
8. Paulinho
15. Ramirez
10. Bruno César
17. Morais
7. Jorge Henrique
11. Dentinho
18. Willian
9. Liedson

Data: 15/05/2011 - 16h00

Local: Vila Belmiro

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira

Auxiliares: David Botelho Barbosa e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

Público: 14.322

Renda: R$ 745.610,00

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host