Topo

Paulista - 2019


Julio Cesar vacila e Corinthians cede empate ao Mogi mesmo com um jogador a mais

Rubens Cavallari/Folhapress
Jogadores do Corinthians comemoram o gol marcado por Emerson de pênalti Imagem: Rubens Cavallari/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

2012-02-08T23:54:57

08/02/2012 23h54

Mesmo com um jogador a mais desde os 12 min do primeiro tempo, o Corinthians ficou no 1 a 1 com o Mogi Mirim, fora de casa, na noite desta quarta-feira e decepcionou os torcedores. O time de Tite optou por administrar a vantagem magra e levou o castigo nos minutos finais, gol do artilheiro Hernane, após Julio Cesar falhar e espalmar uma bola para o meio da área.

Com o segundo tropeço consecutivo no Campeonato Paulista (empatou com o Bragantino no último domingo), o Timão soma 14 pontos e foi ultrapassado pelo Palmeiras. Se o São Paulo e o Paulista empatarem nesta quinta, a equipe de Parque São Jorge cai para o quarto lugar. Já o Mogi está bem na tabela, com dez pontos e entre os oito primeiros colocados.

O gol do Corinthians foi anotado por Emerson Sheik, aos 14 min da etapa inicial. A jogada que culminou com o pênalti foi polêmica. Na dividida entre Liedson e o goleiro Anderson, a bola tocou no braço direito do corintiano antes de seguir lentamente em direção ao gol. O lateral Edson Ratinho mergulhou para tirar com a mão em cima da linha. Cometeu a penalidade e acabou expulso.

BLOGUEIROS OPINAM SOBRE A PARTIDA

Juca Kfouri
"Timão merecia perder"
Leia mais
Vitor Birner
"Segundo tempo do Corinthians mostrou que o time ainda precisa trabalhar" Leia mais

Ao ser questionado sobre o toque de mão na bola, Liedson afirmou: “Sinceramente não senti”.

Liedson quase ampliou aos 18min, com uma cabeçada forte, mas Anderson realizou uma belíssima defesa, no reflexo.

A partir daí, o time da capital passou a administrar o resultado, sem velocidade no ataque. “A gente esperava acelerar mais, só que estamos tocando muito a bola. Tem que ser mais ousado porque estamos com um a mais”, comentou Ralf, em entrevista à Band, na saída para o intervalo.

PRINCIPAIS LANCES

PRIMEIRO TEMPO
14min – GOOOOL DO CORINTHIANS!!! Edson Ratinho tira a bola com a mão em cima da linha do gol. Pênalti! Emerson bate forte e rasteiro no canto e abre o placar
18min – Grande defesa!!! Após cruzamento na área, Liedson cabeceia e o goleiro Anderson voa e salva no reflexo
SEGUNDO TEMPO
6min – Uuuhh!!! Jefferson Maranhão invade a área driblando, a bola sobra e Hernane bate colocado. Há um leve desvio na zaga e a bola sai rente à trave
13min - Uuuhh! Emerson faz bela jogada pela direita e chuta na saída do goleiro. A bola sai rente à trave, seria um golaço
20min - Em cobrança de falta próxima à área, Alex bate forte, e Anderson espalma
35min - Elton chuta rasteiro da entrada da área e Anderson cai para mais uma defesa difícil
41min - GOOOLLL DO MOGI!!! Roni chuta de fora da área, Julio Cesar espalma e Hernane faz no rebote

Já o Mogi, com um atleta a menos, não conseguiu criar no campo ofensivo. Tentou em chutes de longa distância, porém sem sucesso.

A equipe da casa voltou melhor para a etapa final, e quase empatou aos seis minutos, com dois chutes perigosos dentro da área.

O confronto ficou mais aberto e movimentado. O Corinthians respondeu na habilidade de Sheik e Liedson, mas não ampliou o placar.

Tite sacou Danilo, Sheik e Liedson e sua equipe manteve a posse de bola, entretanto sem objetividade. Aos 41 min, Roni chutou de fora da área, Julio Cesar espalmou e Hernane aproveitou o rebote.

MOGI MIRIM 1 X 1 CORINTHIANS

Data:08/2/2012 (quarta-feira)
Local:Romildão, em Mogi Mirim (SP)
Árbitro:Marcio Henrique de Gois
Auxiliares:Risser Jarussi Corrêa e Ricardo Busette
Gols: Emerson (C), aos 14min do primeiro tempo; Hernane (MM), aos 41min do segundo
Cartões amarelos: Lucas Fonseca, Hernane, Renê (MM); Liedson (C)
Cartão vermelho: Edson Ratinho (MM)

MOGI MIRIM
Anderson; Edson Ratinho, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo; Val, Baraka, Renê Junior e Felipe (Ronei); Jefferson Maranhão (Fernandinho) e Hernane
Técnico: Guto Ferreira

CORINTHIANS
Julio Cesar; Welder, Wallace, Leandro Castan e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo (Jorge Henrique) e Alex; Emerson Sheik (Edenilson) e Liedson (Elton)
Técnico: Tite