Topo

Paulista - 2019


Funcionário e conselheiros do Palmeiras trocam xingamentos após jogo no Pacaembu

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

2012-02-09T01:04:00

09/02/2012 01h04

A vitória por 3 a 2 em cima do XV de Piracicaba não trouxe só tranquilidade para os torcedores do Palmeiras. Dois conselheiros, identificados por companheiros presentes no local como Décio de Lima Júnior e Fábio Novaes, discutiram com o funcionário conhecido como Adilson Moeda, espécie de "faz-tudo" dos jogadores, na cadeira cativa do Estádio do Pacaembu.

A discussão começou porque Moeda não gostou do xingamento feito pelos conselheiros mesmo após a vitória e reclamou das críticas. Fábio e Décio, por sua vez, também retrucaram e a briga começou a ficar com os ânimos mais exaltados. Um terceiro conselheiro entrou no meio da discussão apenas para segurar Moeda, que ficou nitidamente exaltado e não cansava de reclamar: "Nem ganhando vocês dão paz. Não enche o saco, vai para casa".

Após a discussão que durou poucos minutos, a Polícia Militar chegou, mas não precisou ir além de uma breve conversa. Moeda se direcionou aos vestiários, enquanto que os Conselheiros deixaram o estádio rapidamente.

Este é mais um episódio de briga que acontece nas cadeiras cativas durante jogo do Palmeiras. No empate por 1 a 1 contra a Portuguesa, outro conselheiro disparou xingamentos contra o vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo, e também para o diretor da categoria de base, Jair Jússio, que deixavam a arquibancada.