Topo

Futebol


Corinthians fica no empate com Penapolense e é eliminado no Paulistão

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

16/03/2014 17h58

Sem criatividade, o Corinthians não conseguiu passar de um empate com o Penapolense, no estádio Tenentão, em Penápolis, neste domingo, e está eliminado do Paulistão. Precisando de um resultado positivo e da ajuda do rival São Paulo diante do Ituano para ir às quartas de final, o alvinegro viu o placar  no seu jogo ficar no 0 a 0. O clube do Morumbi acabou derrotado em casa, por 1 a 0, levando o representante de Itu a 25 pontos no Grupo B, quatro a frente do Corinthians, com uma rodada faltando.

O Corinthians começou o primeiro tempo muito mal: time amarrado, pesado e sem nenhuma fluidez. Nos primeiros 25 minutos, entre passes, cruzamentos e lançamentos, foram 25 erros; um por minuto. Nenhuma finalização. A primeira, com Luciano, de fora da área, passou longe do gol de Samuel.

Não que o Penapolense assustasse muito: os donos da casa finalizaram quatro vezes na primeira etapa, e as únicas duas que foram em direção ao alvo terminaram em defesas fáceis de Cássio. Mesmo assim, o time do interior teve um pouco mais de organização e posse de bola.

Depois da parada técnica, aos 29 minutos, as coisas melhoraram um pouco – bem pouco. O alvinegro chegou à linha de fundo com Luciano, com Romarinho e com Jadson. As tentativas, porém, não encontraram ninguém dentro da área a acabaram em corte da defesa.

Na saída para o intervalo, com o Ituano já batendo o São Paulo no Morumbi, o calor foi apontado como o principal culpado pela atuação fraca.

“O campo é grande, o calor está muito forte, acabou prejudicando o primeiro tempo. Vamos ver se agora baixa o sol, e melhora no segundo tempo”, disse Jadson, no caminho para o vestiário.

A segunda etapa começou, e já trouxe um belo susto para o torcedor corintiano. Logo aos dois minutos, Guaru cobrou falta: a bola desviou na barreira e passou perto do gol. No escanteio em seguida, Romarinho desviou e quase marcou contra, acertando a trave. No rebote, Jailton mandou para fora.$escape.getH()uolbr_geraModulos($escape.getQ()embed-lista$escape.getQ(),$escape.getQ()/2014/leia-tambem-1395006632135.vm$escape.getQ())

Dessa vez, pelo menos, o Corinthians respondeu. Jadson cobrou falta da direita e Romarinho cabeceou com força, para baixo, mas a bola quicou e passou por cima do gol. Quase.

Mano Menezes mandou Renato Augusto para o jogo, mas a produção ofensiva do seu time continuou tímida. O meia arriscou um chute cruzado aos 26 minutos, mas Samuel estava atendo  e fez  a defesa. Para cada tentativa do alvinegro de pressionar, o Penapolense respondia com uma descida perigosa.

Uendel ainda invadiu a área aos 31 e reclamou de um pênalti de Jailton. O lance pareceu faltoso, mas o árbitro Vinícius Araújo mandou o jogo seguir. Renato Augusto acertou um chute que passou perto da trave esquerda, e assustou a torcida no Tenentão.

Os minutos finais do jogo foram emocionantes: o Corinthians ainda escapou de um levar um gol quando Rodinei apareceu livre, na pequena área, e foi travado por Uendel no último segundo. Aos 39, Jadson caiu na área e pediu pênalti, mas levou amarelo por simulação. Renato Augusto acertou uma bomba de fora da área aos 40, e Samuel fez grande defesa.

O apito final soou, e não deixou outra opção para o Corinthians a não acompanhar os minutos finais de São Paulo e Ituano e digerir a eliminação na primeira fase do Paulistão 2014. A última rodada, no próximo domingo, diante do Atlético Sorocaba, será para cumprir tabela e pensar no planejamento para o restante da temporada.

FICHA TÉCNICA

Data: 16/03/2014
Local: Estádio Tenentão, em Penápolis (SP)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo
Assistentes: Anderson Jose de Moraes Coelho e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

Cartões amarelos:Guaru, Rodrigo Biro, Neto (Penapolense) Cléber, Jadson (Corinthians)
Cartão vermelho:Cléber (Corinthians)
Gols: Não houve

PENAPOLENSE
Samuel, Rodnei (Lucas), Jailton, Gualberto e Rodrigo Biro; Liel, Washington (Luiz Gustavo), Petros e Guaru; Neto e Alex Créu:
Técnico: Narciso.

CORINTHIANS
Cássio, Fagner, Gil, Cleber e Fábio Santos (Uendel); Ralf, Guilherme. Bruno Henrique (Renato Augusto), e Jadson; Romarinho e Luciano
Técnico: Mano Menezes

São Paulo "atende" pedido de torcida, perde para o Ituano e elimina rival

  • Reinaldo Canato/UOL

Mais Futebol