Na estreia oficial de Bauza, São Paulo empata com Red Bull em jogo nervoso

Do UOL, em São Paulo

Edgardo Bauza não venceu em seu primeiro jogo oficial no comando do São Paulo. Na estreia do treinador, a equipe paulista ficou no empate por 1 a 1 com o Red Bull Brasil neste sábado (30), no Moisés Lucarelli. Paulo Henrique Ganso e Roger anotaram no confronto da primeira rodada do Campeonato Paulista, que ficou marcado pelo nervosismo dos dois times.

O clube tricolor terminou a partida com cinco cartões amarelos, enquanto o Red Bull foi punido três vezes, fato que reflete como foi o clima de animosidade entre os adversários. O empate deixou ambos os times com um ponto, o que coloca o São Paulo na liderança provisória do Grupo C e o time de Campinas no terceiro lugar do Grupo D, que é o mesmo do Corinthians.

A próxima partida do São Paulo será a estreia na Copa Libertadores, contra o Universidad César Vallejo, fora de casa. Válido pela fase preliminar do torneio continental, o jogo será na próxima quarta-feira (3), às 21h45 (de Brasília). No Paulista, o clube tricolor recebe no próximo sábado (6), pela segunda rodada, o Água Santa.

O Red Bull Brasil realiza seu segundo compromisso no Estadual na quarta-feira, fora de casa, diante do Capivariano.

O jogo

Na bola parada, o São Paulo por pouco não saiu na frente logo no começo, em uma cobrança de falta de Michel Bastos. O capitão mandou na área e Breno desviou, acertando o travessão de Saulo. Apesar da melhor chance no começo, a equipe da capital foi controlada inicialmente pelo Red Bull Brasil, que teve mais posse de bola na primeira metade da etapa inaugural e deu trabalho à defesa são-paulina – embora sem exigir defesas difíceis de Denis.

Com o passar do tempo, o time tricolor se soltou no gramado do Moisés Lucarelli, criando jogadas perigosas especialmente com Michel Bastos, que arriscou finalizações de fora da área e chegou perto de abrir o placar. O ritmo diminuiu com a proximidade do intervalo, mas Paulo Henrique Ganso colocou o São Paulo a frente aos 44min, de cabeça, desviando escanteio batido por Michel Bastos.

De volta dos vestiários, a equipe comandada por Edgardo Bauza mostrou a postura de quem estava disposto a ampliar a vantagem. Agressivo, o time da capital foi ao ataque e dominou o adversário, mantendo-o acuado no campo de defesa. Alan Kardec teve oportunidade clara de ampliar aos 12min, fintou Saulo e caiu dentro da área, porém a arbitragem nada marcou, para reclamação do atacante.

Sem aproveitar as chances criadas, o São Paulo tomou um susto aos 21min, em um contra-ataque do Red Bull. Willie aproveitou o lance para bater firme da entrada da área e acertar a trave esquerda de Denis. Três minutos depois, em uma cobraça de escanteio, Lucão segurou Roger e o juiz Marcelo Rogério marcou pênalti. Roger se encarregou da cobrança e não deu chances a Denis, empatando o jogo e definindo o placar aos 25min.

FICHA TÉCNICA
RED BULL BRASIL 1 X 1 SÃO PAULO

Data e horário: 30 de janeiro de 2016, às 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Moisés Lucarelli
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Mauro André de Freitas
Cartões Amarelos: Luan, Roger, Thiago Galhardo (Red Bull Brasil); Paulo Henrique Ganso, Breno, Alan Kardec, Hudson, Lucão (São Paulo)
Gols: Paulo Henrique Ganso, aos 44min do primeiro tempo (São Paulo); Roger, aos 25min do segundo tempo (Red Bull Brasil)

Red Bull Brasil: Saulo, Everton Silva, Willian Magrão, Dráusio e Willian Rocha; Luan (Maylson), Nando Carandina e Thiago Galhardo; Igor Sartori (Willie), Misael (Maxwell) e Roger.
Técnico: Maurício Barbieri

São Paulo: Denis, Bruno, Rodrigo Caio, Breno (Lucão) e Eugenio Mena; Thiago Mendes, Hudson e Paulo Henrique Ganso (Rogério); Michel Bastos, Alan Kardec e Centurión (Carlinhos)
Técnico: Edgardo Bauza

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos