Gabigol evita derrota do Santos para o São Bernardo na estreia do Paulistão

Do UOL, em Santos (SP)

De tanto insistir, o Santos conseguiu ao menos evitar a derrota para o São Bernardo na estreia do Campeonato Paulista, em jogo realizado no fim da tarde deste sábado, na Vila Belmiro. Depois de ficar a maior parte da partida atrás no placar, já que levou um gol logo aos 10min de jogo, Gabigol, após cruzamento de Lucas Lima, marcou no fim do segundo tempo e garantiu o empate de 1 a 1.

A derrota significaria a primeira de Dorival Júnior na Vila Belmiro desde que retornou ao Santos, na metade do ano passado. Mais que isso. Acabaria com uma invencibilidade de mais de seis meses do time alvinegro em seus domínios – o último revés foi no dia 5 de julho, para o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro.

Porém, quem ficou mais perto da vitória neste sábado foi o São Bernardo. À frente no placar, o time do ABC cansou de perder gols no segundo tempo, em jogadas de contra-ataques, e acabou castigado após uma bela jogada da dupla Lucas Lima/Gabigol.

O Santos agora volta a campo na próxima quarta-feira, quando visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 21h45.

O jogo

A esperada pressão santista logo após o apito inicial não aconteceu. Bem postado, o São Bernardo não deixou o Santos impor seu ritmo, e logo aos 10min, após uma bola alçada na área, conseguiu surpreender o time da Vila Belmiro. Luciano Castán, irmão de Leandro Castán, ex-Corinthians e hoje na Roma, aproveitou bate-rebate e soltou o pé para fazer 1 a 0.

Abusando dos lançamentos longos e 'esquecendo' da troca de passes e do apoio pelas laterais que viraram tradição em 2015, o Santos não conseguia criar. Já com o 1 a 0 no placar, o time do ABC seguia todo recuado, mas mesmo assim sem deixar o Santos criar chances de gol, a não ser algumas raras criadas com lançamentos precisos do meia Lucas Lima.

Com Serginho na vaga de Thiago Maia, o Santos melhorou no segundo tempo. Passou a ficar mais com a bola e a chegar com mais perigo ao gol de Daniel. Mas ainda assim faltava algo. E sem conseguir sequer o empate, o time alvinegro foi, aos poucos, demonstrando nervosismo. Aos 22min, em rápido contra-ataque, Marino ficou cara a cara com Vanderlei, mas perdeu.

A partir daí, o São Bernardo conseguiu uma série de contra-ataques e por mais de duas vezes teve a chance de 'matar o jogo'. Não o fez, e acabou castigado. Aos 36min, Lucas Lima evitou que a bola saísse pela linha de fundo e cruzou com perfeição para Gabigol, livre na segunda trave, cabecear para o gol, sem chances para o goleiro Daniel. 1 a 1, e pressão santista.

Com Serginho sendo o jogador mais defensivo do meio-campo para frente (Dorival havia colocado o próprio Serginho, Joel e Neto Berola), o Santos partiu para cima do São Bernardo. Mas, assim como em quase todo jogou, prevaleceu a defesa do time do ABC, que levou um ponto importante para casa.

SANTOS 1 X 1 SÃO BERNARDO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 30/01/2016 (sábado)
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Herman Brumel Vani
Cartões Amarelos: Gabriel (Santos), Léo Veloso, Paulo (São Bernardo)
Renda: R$ 389.315,00
Público: 9.341 pagantes
Gols: Luciano Castán, aos 10min do primeiro tempo, e Gabriel, aos 36min do segundo tempo

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Zeca; Renato (Neto Berola), Thiago Maia (Serginho) e Lucas Lima; Paulinho (Joel), Gabriel e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

SÃO BERNARDO: Daniel; Eduardo, Diego Ivo, Luciano Castan e Léo Veloso; Daniel Pereira, Daniel Amora, Marino (Lucas) e Cañete (Jean Carlos); Jefferson Kanu (Paulo) e Magal. Técnico: Roberto Fonseca

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos