Corinthians e XV jogaram com uniformes bem parecidos. E Tite não gostou

Do UOL, em São Paulo

Antes mesmo do apito inicial, pôde-se observar uma 'reunião' entre treinadores, arbitragem e jogadores para definir o que seria feito em relação aos uniformes (bem parecidos) de Corinthians e XV de Piracicaba, que se enfrentaram neste domingo na Arena Corinthians. Mas apesar das conversas, o jogo teve início mesmo com a confusão de cores nas camisas.

Em entrevista coletiva concedida após a partida, Tite lamentou o ocorrido e disse que a semelhança dos uniformes prejudicou o espetáculo.

"Não dá. Entrei, olhei e virei para o banco. A visão periférica fica difícil, quando passa um vulto, com a cor que é identificação, confunde. A visão periférica é necessária para a análise de um lance, é inevitável. Confundiu, prejudicou. O quanto, não sei. Mas prejudicou a todos. Arbitragem, técnicos, atletas", lamentou o técnico Tite.

Mas apesar da semelhança dos uniformes das duas equipes, a arbitragem foi precisa nos lances capitais da partida. O XV de Piracicaba teve um gol bem anulado por impedimento ainda na etapa inicial, enquanto o Corinthians teve validado o gol da vitória em lance difícil para o assistente, que acertou ao dar posição legal de Elias no lançamento de Rodriguinho.

Na sequência, após chute em cima do goleiro, a bola sobrou para Romero, que empurrou para as redes com o gol livre e garantiu a vitória de 1 a 0 do Corinthians, já aos 47min do segundo tempo.

O Corinthians agora volta a campo na próxima quinta-feira, quando visita o Audax-SP na cidade de Osasco, às 19h30, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos