Ricardo Oliveira defende zaga e faz autocrítica: "não chutei uma no gol"

Do UOL, em Santos (SP)

Bastante questionada após o empate de 1 a 1 com o São Bernardo, em jogo que marcou a estreia do Santos no Campeonato Paulista, no último sábado, na Vila Belmiro, a zaga alvinegra recebeu apoio do experiente Ricardo Oliveira, que não gostou das críticas feitas ao setor. Ele saiu em defesa da dupla e disse que todo time é responsável pelo que acontece dentro de campo.

"Eu acho que todo time é responsável por uma partida não tão boa. Acho injustas as críticas aos nossos defensores porque nós temos que participar defensivamente, quando a gente não tem a bola, e nós comprometemos isso. Muitas vezes os deixamos no mano a mano. Mano a mano com jogadores rápidos é difícil qualquer zagueiro conseguir ter vantagem", afirmou.

Foi a primeira vez que Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique atuaram juntos no profissional. Sem David Braz, machucado, Lucas foi o escolhido por Dorival Júnior após ter dado conta do recado no amistoso contra o Bahia. Diante do São Bernardo, porém, a dupla não foi bem.

Ricardo Oliveira, por sua vez, fez questão de defender o grupo santista e recordou, em sincera autocrítica, que ele mesmo também não esteve nas melhores tardes.

"Eu acho injustas as críticas aos nossos defensores porque são jogadores que têm toda confiança, e foi só o primeiro jogo. Nós não fizemos uma boa partida e comprometemos a parte defensiva. Por isso acho que, de repente, vocês estão destacando uma coisa que eu acho que não é justa. Eu não chutei uma bola no gol, entrei várias vezes em impedimento, vocês têm que citar isso também. Eu tenho uma autocritica e sei das coisas que a gente faz", disse.

Para o atacante, a atuação ruim na primeira rodada já estava dentro do esperado. E ele disse esperar muito mais do Santos na sequência da temporada.

"As críticas são normais porque é o futebol, mas a avaliação que eu faço é que é injusto a gente citar um setor. Está dentro da normalidade do futebol, por ser o primeiro jogo a gente ainda tem muito a crescer. É só um primeiro jogo, mas tenho certeza que vamos melhorar muito ainda", completou o atacante.

O Santos volta a campo já nesta quarta-feira, quando visita a Ponte Preta no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 21h45, pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos