Corinthians se estabiliza com novos titulares e deixa reforços em espera

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

A solução para os problemas do Corinthians, ao menos neste início de ano, está no próprio clube. Conquistadas por jogadores remanescentes de 2015, as três vitórias seguidas - contra Shakhtar-UCR, XV de Piracicaba e Osasco, esta na quinta-feira - estabilizam a ansiedade gerada pelas seis baixas na equipe titular. Assim, os reforços que Tite espera acrescentar à equipe precisam esperar mais um pouco. 

O treinador faz planos para Giovanni Augusto, Guilherme, Marlone e André. Eles são, em primeiro momento, os maiores candidatos a ganhar um lugar entre os titulares. Mas, segundo a hierarquia de Tite, embasada pelos resultados, esse processo deverá ser mais lento. "É dia a dia. É apressar etapas, mas não pular, porque a vida não é assim", advertiu depois de ganhar do Osasco Audax por 1 a 0. 

NA DEFESA, YAGO NÃO PARA DE CRESCER

Entre os novos titulares, quem sobe realmente de cotação é o zagueiro Yago. Elogiado por Tite pela concentração e por evoluir tecnicamente nos últimos meses, ele tende a se manter na equipe por algum tempo. Até porque o Corinthians demora em concretizar a compra de Fabián Balbuena, longe de ser um reforço de peso, e o reserva Vílson também deve aguardar mais para atuar. "Yago tem um nível muito alto, uma tomada de decisões importante. Isso faz a gente ter tranquilidade e produzir bem", comentou o técnico. 

BRUNO HENRIQUE REAFIRMA CONDIÇÃO E RODRIGUINHO TEM SOMBRA

No meio-campo, Bruno Henrique tem a confiança da comissão técnica para se manter, principalmente porque a condição física de Willians precisa melhorar. Mais à frente, Rodriguinho convive com a sombra de Guilherme, que estreou e é quem Tite vê como reforço talhado para a função. Mas, apesar de um pênalti perdido no último domingo, tem agradado entre os titulares. 

QUEM SAIR PARA A ENTRADA DO PRINCIPAL REFORÇO?

Giovanni Augusto, que será apresentado nesta sexta, tem impressionado a comissão técnica nos treinamentos, sempre pela beirada do campo, e também pede passagem. Mas o problema é quem retirar: de um lado, mesmo questionado em vários momentos, Ángel Romero marcou três gols em 2016 e agrada Tite. Do outro, Lucca vive queda técnica considerável, mas conta com o apoio do chefe para se manter e tentar encontrar seu melhor nível. Por isso, Marlone ainda espera. 

ANDRÉ PRECISA EVOLUIR PARA ASSUMIR A CAMISA 9

Homem de confiança de Tite, Danilo tem dado bons sinais e uma alternativa tática considerada interessante. Porém, dificilmente vai se manter entre os titulares por tanto tempo. O ponto é que seus concorrentes precisam evoluir: André está com boa forma física, mas em ritmo abaixo dos demais. Assim, é possível que a entrada seja gradual. O treinador ainda conta com Guilherme como opção para um papel semelhante ao de Danilo e até o fim do mês deve incorporar Luciano aos planos. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos