Pouco inspirado, Palmeiras tropeça no Oeste e empata 2ª seguida no Paulista

Do UOL, em São Paulo

Seis dias depois de empatar em casa com o São Bento, o Palmeiras voltou a tropeçar no Campeonato Paulista. Na noite desta quarta, fora de casa, o time alviverde ficou no 0 a 0 com o Oeste. O jogo foi marcado pelas defesas de Fernando Prass e Jéferson Romário, que evitaram as poucas chances criadas pelas equipes.

O Palmeiras conseguiu melhorar o desempenho na saída de bola, com uma dupla inédita na contenção do meio-campo (Arouca e Jean). O time, no entanto, pouco se movimentou na linha de três do 4-2-3-1. 

O fato fez Marcelo Oliveira mudar dois jogadores do setor logo nos primeiros minutos do segundo tempo. No intervalo, Robinho deu lugar a Rafael Marques. Aos 12 minutos, o treinador tirou Gabriel Jesus para colocar Erik. Depois, Barrios deixou o campo para a entrada de Cristaldo.

Na próxima rodada, o Palmeiras receberá o Linense no Allianz Parque, no próximo sábado. O time alviverde é o líder do Grupo B, com cinco pontos. O São Bernardo soma quatro pontos, com um jogo a menos -- a equipe enfrenta o Botafogo nesta quinta, fora de casa. Novorizontino e Ituano têm dois pontos cada, enquanto a Ponte só empatou uma partida.

FICHA TÉCNICA

OESTE 0 X 0 PALMEIRAS

Competição: Campeonato Paulista 3ª rodada)
Local: Estádio Anísio Haddad, em São José do Rio Preto (SP)
Data: 10 de fevereiro de 2016, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Alex Ang Ribeiro
Público: 15.036
Cartões amarelos: Robinho (Palmeiras)

OESTE: Jéferson Romário; Amaral, Brinner, Ligger e Fernandinho; Betinho, Elivélton, Renan Mota e Marcelinho Paraíba (Patrik); João Gabriel (Guilherme) e Ricardo Bueno. Técnico: Renan Freitas.
 
PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Roger Carvalho, Vitor Hugo e Zé Roberto; Arouca e Jean; Robinho (Rafael Marques), Dudu e Gabriel Jesus (Erik); Barrios (Cristaldo). Técnico: Marcelo Oliveira

Como foi o jogo

  • Primeiro tempoO jogo começou lento, sem oportunidades para os times. O primeiro chance foi do Oeste, aos oito minuto: Marcelinho Paraíba cruzou na área e Roger Carvalho afastou o perigo. Aos 12, Elivelton arriscou de longe e viu Fernando Prass fazer a defesa. No minuto seguinte, Fernandinho concluir de dentro da área e mandou para fora. Em seguida, o lateral esquerdo do Oeste voltou a finalizar. O chute de fora, porém, acabou nas mãos de Prass. Aos 16, Robinho abriu espaço na área e cruzou para a defesa de Jeferson Romário. Aos 20, o Palmeiras quase abriu o placar. No lance, Zé Roberto cruzou e Jean finalizou por cima após rebatida do goleiro. O Oeste respondeu com o zagueiro Brinner, que cabeceou rente ao travessão. Nos minutos finais, o Palmeiras voltou a ter uma chance clara, após Gabriel Jesus receber livre na área. O camisa 33, entretanto, demorou para concluir e errou o passe na sequência. No último lance da etapa inicial, Jean bateu rasteiro da entrada da área e quase marcou.
  • Segundo tempoO Oeste novamente foi o primeiro a chegar no ataque. Betinho soltou a bomba de longe e obrigou Fernando Prass a espalmar para o lado. Aos 11, Lucas cruzou na área e viu Gabriel Jesus cabecear com perigo. O goleiro do time de Itápolis defendeu no centro do gol, com tranquilidade. Na sequência, Vitor hugo acertou o travessão depois de Zé Roberto cobrar escanteio pela esquerda.Marcelinho Paraíba, aos 20, bateu de longe e mandou rasteiro para fora da meta de Prass.Aos 32, Marcelinho voltou a assustar o Palmeiras em cobrança de falta. Prass, atento, jogou para escanteio. Na sequência, Brinner quase marcou de bicicleta.Aos 33, Renan Mota recebeu de Ricardo Bueno e chutou por cima do gol. Aos 36, Cristaldo desviou de cabeça depois de Zé Roberto alçar na área. Prass em seguida salvou o Palmeiras duas vezes, em chutes de Fernandinho e Betinho.

Destaques

  • Novas duplas defensivasO Palmeiras entrou em campo com duas alterações em relação à partida contra o São Bento. Leandro Almeida deu lugar a Roger Carvalho, que formou a zaga com Vitor Hugo. Arouca substituiu Thiago Santos e atuou ao lado de Jean.

Melhores

  • Jean, PalmeirasApesar de não desempenhar um bom papel na saída de bola, o volante foi a melhor opção de ataque do Palmeiras no primeiro tempo, com duas finalizações da entrada da área.

Piores

  • Robinho, PalmeirasO meia praticamente não tocou na bola no primeiro tempo. Além disso, recebeu cartão amarelo e acabou substituído por Rafael Marques no intervalo.

Próximos Jogos - Palmeiras

  1. Palmeiras PAL
    Chapecoense CHA
  2. Palmeiras PAL
    São Paulo SPA
  3. Atlético-MG CAM
    Palmeiras PAL
  4. Palmeiras PAL
    Coritiba CTB
  5. Fluminense FLU
    Palmeiras PAL

Próximos Jogos - Oeste

  1. Oeste OES
    Boa Esporte Clube BOA
  2. CRB CRB
    Oeste OES
  3. Oeste OES
    Náutico NAU
  4. Luverdense LUV
    Oeste OES
  5. Oeste OES
    Londrina-PR LEC

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos