Bauza nega revanche contra o Corinthians após 6 a 1: 'Já passou'

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA/AFP

    Treinador argentino terá à disposição o atacante Kelvin, recém contratado

    Treinador argentino terá à disposição o atacante Kelvin, recém contratado

No primeiro duelo entre Corinthians x São Paulo pós goleada alvinegra por 6 a 1, o técnico Edgardo Bauza ressaltou que a equipe do Morumbi superou o revés diante do arquirrival. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o treinador diz que aquele jogo "já passou" e encara o clássico como uma oportunidade de acelerar o processo de reorganização do time tricolor.

As duas equipes se enfrentam neste domingo, às 17h, na Arena Corinthians, pelo Paulistão.

"Já não podemos fazer nada do 6 a 1. Essa história é outra. Já passou. A única pressão que temos é a responsabilidade de defender a camiseta do São Paulo e tentar vencer a partida. O São Paulo vai encarar as dificuldades que o rival pode apresentar", disse.

Edgardo Bauza analisou o teipe da goleada do Corinthians por 6 a 1 contra o São Paulo, no Brasileirão do ano passado. O treinador observou erros que culminaram na goleada corintiana. Ele não apontou culpados e entende que o time se perdeu coletivamente.  

"Eram duas equipes fortes, mas uma se desordenou e causo aquela diferença. Não é revanche. É uma partida nova".

"Vamos enfrentar o último campeão, e veremos como estamos".

Para o clássico em Itaquera, Bauza terá à disposição o atacante Kelvin, regularizado nesta semana. As ausências para o jogo são Breno, que se recupera de inflamação, e Lugano, que continua realizando trabalho de fortalecimento muscular.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos