Tite brinca com substituições que fez: "é ser um pouquinho inteligente"

Do UOL, em São Paulo

Depois de um primeiro tempo ruim, o Corinthians foi ao ataque com toda força em busca do empate por 1 a 1 contra o São Bento nesta quarta-feira. O treinador Tite, que lançou Rodriguinho, Lucca e Luciano para tentar modificar o panorama, brincou sobre seu papel no resultado. 

Na véspera do jogo, Tite havia usado o termo "Professor Pardal" em entrevista coletiva. Segundo ele, é o risco que o treinador corre quando muda muito a equipe de uma partida para a outra. Foi o que houve com o Corinthians nesta quarta, com nove mudanças em relação ao domingo. 

"Não tenho nada de Professor Pardal. Se posso usar um construtor como o Rodriguinho, numa posição mais solta e livre, um finalizador de média distância (Guilherme), dois atacantes...não é nem inventar, é ser um pouquinho inteligente, é onde eles deixaram a gente jogar", comentou Tite. 

"Eles puxavam com três volantes, dois jogadores de lado e um pivô. O nosso primeiro meio-campista tinha espaço. Um jogador com qualidade de passe como Rodriguinho na função, dois jogadores de pé trocado para dentro (Luciano e Lucca), um pivô (André), outro de articulação (Guilherme). Você ganha com início de jogada mais qualificada", acrescentou o treinador em explicações às mudanças feitas nos lugares de Willians, Maycon e Romero.

O treinador também fez elogios ao sistema defensivo que teve o estreante Balbuena com destaque na zaga com Felipe. "Ficou exposto com ele, Edílson, Arana e Felipe, tinha neles segurança pela partida que fez a linha de quatro".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos