Juiz esquece de expulsar T. Mendes, Ganso dá 'migué' e SP quase fica com 11

Do UOL, em São Paulo

Se por um lado houve pouca emoção no empate por 1 a 1 entre São Paulo e Ituano, em Itu, na tarde deste domingo, um lance em especial ocorrido no segundo tempo deixou torcida, jogadores e até o próprio juiz da partida, Flávio Rodrigues de Souza, bastante confuso.

Aos 39min do segundo tempo, Thiago Mendes, que já havia recebido o cartão amarelo no primeiro tempo, fez falta e recebeu outro cartão, novamente amarelo. Percebendo que o juiz 'esqueceu' de expulsar o volante tricolor, Paulo Henrique Ganso, que seria substituído para a entrada do estreante Lucas Fernandes, avisou a comissão técnica, que trocou a substituição rapidamente e sacou Thiago Mendes ao invés de Ganso.

Quase um minuto se passou até o juiz finalmente entender o que aconteceu e expulsar Thiago Mendes, que já estava no banco de reservas. Porém, Flávio Rodrigues de Souza não determinou a saída de Ganso, deixando o São Paulo com 11 jogadores mesmo tendo um jogador expulso. Foram precisos mais quase dois minutos até ele tirar Ganso de campo. Ciente da situação, o camisa 10 deixou o campo sorrindo em direção ao banco de reservas.

A situação deixou os próprios jogadores confusos, conforme revelou Alan Kardec após o apito final: "Foi uma confusão danada. No calor da partida acho que muita gente acabou não entendendo o que estava acontecendo".

Com um a menos, o São Paulo não resistiu ao Ituano e cedeu ao empate depois de uma falha coletiva da defesa e gol do zagueiro Leonardo, que apareceu sozinho dentro da pequena área e mandou de cabeça para as redes, decretando o empate por 1 a 1.

Sem vencer há cinco partidas, o São Paulo agora volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Botafogo de Ribeirão Preto no estádio do Pacaembu, às 21h45.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos