Lucas Lima encara sina de "mais caçado" para causar impacto a Dunga

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Meia santista é o jogador que mais recebeu faltas no Paulistão: 37 em nove jogos

    Meia santista é o jogador que mais recebeu faltas no Paulistão: 37 em nove jogos

O Santos faz neste domingo, diante do Rio Claro, às 19h30 (de Brasília), no estádio Augusto Schmit, a despedida dos cinco selecionáveis que desfalcarão a equipe no clássico contra o São Paulo, no próximo domingo. O meia Lucas Lima, entretanto, ainda tem uma espécie de batalha pessoal a superar no jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista.

O principal nome do quinteto, convocado para a seleção principal ao lado do centroavante Ricardo Oliveira, quer vencer a caça sofrida durante o Estadual para impressionar o técnico Dunga e voltar à titularidade.

O camisa 20 santista ganhou uma única chance entre os 11 nos quatro jogos até então pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, que acontecerá na Rússia. Depois, viu outros concorrentes surgirem, o principal deles o meio-campista Renato Augusto.

Mas a tarefa de brilhar no último desafio antes da apresentação não será fácil. Mais visado depois do último ano e quase saídas, Lucas Lima sofreu 37 faltas em nove jogos disputados de acordo com o Footstats, superando até mesmo atacantes como Dudu, do Palmeiras, que sofreu 33.

Mesmo assim, o jogador vive um bom começo de ano, com três assistências  e dois gols marcados. No último ano, encerrou o Paulista marcando apenas uma vez e cinco assistências.

"Não é só na Seleção, a evolução precisa ser constante. Ano passado foi de aprendizado para mim com estreia e primeiro gol. Esse ano vou estar mais entrosado e adaptado, me sentido mais em casa, exercendo meu futebol, aquilo que já estou fazendo e que faria no Santos", disse o jogador.

No período, além da dupla na seleção principal, o Santos ainda perderá o atacante Gabriel, o volante Thiago Maia e o lateral esquerdo Zeca, que estarão com a seleção olímpica.

"Deveria haver uma consciência de quem organiza o campeonato, o professor Dorival vai ter que se virar para escalar o time, mas quem entrar vai dar conta do recado", minimizou o jogador.

Para a partida, o Santos não poderá contar com o lateral direito Victor Ferraz, que cumprirá suspensão. Para a sua vaga, o técnico Dorival Júnior improvisará o volante Alison já que não conta com Daniel Guedes, substituto imediato, que trata de uma canelite.

Sina do rival em casa pode ajudar

O Santos contará, além do bom momento vivido pelas três vitórias consecutivas sem sofrer gols, com o momento contrário do Rio Claro.

O rival tem a segunda pior campanha geral da competição, com oito pontos, e não venceu como mandante: apenas dois pontos em 12 disputados dentro de casa. Para a partida, o técnico Sérgio Guedes pode fazer modificações.

Ficha Técnica: Rio Claro x Santos
 
Data e horário: 20/03/2016, às 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Augusto Schmidt, em Rio Claro
Arbitragem: Rafael Gomes Félix da Silva
Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Rafael Tadeu Alves de Souza
 
Rio Claro: Lucas Frigieri; Luis Felipe, Alex Silva, João Gabriel e Felipe Saturnino; Jean Patrick, Elsinho, Thiago Cristian e Léo Costa; Romarinho e Lucas Xavier.
Técnico: Sérgio Guedes
 
Santos: Vanderlei; Alison, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima e Serginho; Gabriel Barbosa e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos