Zé Roberto, Alecsandro e Prass disparam declarações fortes sobre má fase

Do UOL, em São Paulo

A má fase do Palmeiras afetou bastante os jogadores do Palmeiras. Depois da derrota para o Osasco Audax, em que o time jogou muito mal, três líderes do elenco dispararam declarações fortes sobre os problemas do time.

O veterano Zé Roberto foi quem mais chamou atenção na saída de campo: "tem que sair com vergonha. Foi muito pouco. Temos ciência de que podemos dar mais e saímos com muita vergonha pelo resultado. É trabalhar e levantar a cabeça, sabendo que precisamos melhorar".

Alecsandro chamou atenção para a situação complicada que o Palmeiras vive nas tabelas do Campeonato Paulista e da Libertadores: "não temos mais tempo para tropeçar. Já passou aqueles jogos que podíamos perder, digamos assim. É chamar a responsabilidade agora e ser cobrado por isso", disse em entrevista à ESPN. O atacante entende que o time precisa vencer três vezes no Paulista para recuperar a confiança e depois buscar as duas vitórias necessárias para se classificar na Libertadores.

Fernando Prass não quis falar muito e foi direto sobre o que o Palmeiras precisa fazer para melhorar: "é hora de fechar boca, ficar quieto e trabalhar".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos