Calleri marca no fim, SP vence o Botafogo e encerra sequência sem vitórias

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo mais uma vez jogou mal nesta quarta-feira (23), mas conseguiu marcar um gol nos minutos finais com Jonathan Calleri  com assistência de Paulo Henrique Ganso e venceu o Botafogo por 1 a 0 no Pacaembu, pelo Paulistão. A vitória no palco que teve 2.970 pagantes - pior público do ano - encerrou a sequência negativa de cinco jogos sem vencer.

O técnico Edgardo Bauza mudou o esquema tático pela primeira vez no ano para a partida: aboliu o 4-2-3-1 e os pontas abertos pelos lados do setor ofensivo e armou um 4-3-2-1, com três volantes em linha, Daniel e Paulo Henrique Ganso lado a lado, e Jonathan Calleri como centroavante. Não deu certo, o time pouco criou e teve posse de bola improdutiva. A nova formação tática só durou até o intervalo, quando o jovem Lucas Fernandes entrou no lugar de Carlinhos.

Apesar da melhora, o São Paulo não conseguiu abrir o placar com facilidade e chegou a sofrer alguns sustos do Botafogo. 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA mudança do habitual esquema tático não funcionou. No 4-3-2-1 armado para esta quarta-feira, o São Paulo ficou quase inofensivo. Começou o jogo com pouquíssima criatividade e, durante a primeira etapa, só levou perigo em finalizações de Calleri após jogada de Hudson pela direita. Depois disso, teve o controle da posse de bola, mas chegou a sofrer: Carlinhos cobrou escanteio enquanto Hudson e Caramelo ainda tomavam água no banco de reservas, e o Botafogo armou contra-ataque perigosíssimo. A jogada terminou com finalização de Serginho e grande defesa de Denis.
  • Segundo tempoEdgardo Bauza fez uma substituição e uma mudança tática no intervalo: tirou Carlinhos, que jogou como volante, e colocou o jovem meia Lucas Fernandes. O 4-3-2-1 voltou a ser 4-2-3-1, porém sem pontas abertos no ataque. A mudança surtiu efeito e o São Paulo transformou a posse de bola improdutiva em um domínio de jogo mais ofensivo e perigoso ao Botafogo. Uma das chances mais claras foi com o zagueiro Maicon, que pegou rebote de escanteio e finalizou por cima do gol. Nos últimos minutos da partida o atacante Leo, do Botafogo, recebeu de frente para Denis, sem marcação, e perdeu gol incrível. O gol de Calleri saiu em passe milimétrico de Ganso, a cinco minutos do fim.

Destaques

  • DesfalcadoEdgardo Bauza teve 10 desfalques para a partida: Renan Ribeiro, Breno, Wesley, Rogério, Wilder e Michel Bastos (lesionados); Thiago Mendes (suspenso; e Mena, Rodrigo Caio e Lyanco (seleções)
  • Capitão definido?Apesar de Diego Lugano ter sido escalado novamente, o goleiro Denis manteve a braçadeira de capitão

Melhores

  • João Schmidt, São PauloDominou o meio de campo e a trinca de volantes do São Paulo. Mostrou mais dinâmica do que habitualmente e chegou bem ao campo ofensivo, sempre com passes criativos e iniciando boas jogadas.
  • PH Ganso, São PauloO camisa 10 não marcou gol como nos últimos jogos, mas teve mais uma atuação de destaque. O São Paulo só conseguiu jogar quando a bola passou pelo pé dele. Quase fez lindo gol em jogada de contra-ataque no segundo tempo. No fim, deu assistência para o gol de Calleri.

Piores

  • Caramelo, São PauloLateral são-paulino começou pela direita e não conseguiu acompanhar as jogadas do time. Foi visto fora do lugar certo em diversos momentos, principalmente nas investidas ofensivas da equipe.

Próximos Jogos - São Paulo

  1. Avaí AVA
    São Paulo SPA
  2. Palmeiras PAL
    São Paulo SPA
  3. São Paulo SPA
    Ponte Preta PON
  4. Vitória VIT
    São Paulo SPA
  5. São Paulo SPA
    Corinthians COR

UOL Cursos Online

Todos os cursos