Cuca vê time inseguro e diz: "Tem que ser colhudo para jogar no Palmeiras"

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

Depois da derrota de 2 a 1 do Palmeiras para o Red Bull, pelo Campeonato Paulista, o técnico Cuca disse ter visto um time muito inseguro e instável. Com uma série de três revezes consecutivos, o treinador afirmou que é necessário "ser macho e ter colhão" para sair da má fase.

"(O jeito é) Sendo guerreiro, sendo macho nessa hora. Jogar no Palmeiras é bom, todo mundo quer, mas tem que ser colhudo para jogar no Palmeiras. A gente tem que se organizar mais, e isso passa por mim também. Torcedor está bravo com razão, mas espera, a gente ainda vai brigar por título".

Sobre a atuação do Palmeiras, o técnico afirmou que o nervosismo tem atrapalhado os jogadores. "Tivemos chances claras, mas não fizemos. O time está muito instável e inseguro, a bola está queimando, passes fáceis que eles estão errando, não estão com a confiança que o jogador tem que ter. É algo natural pelo momento que o Palmeiras tem vivido".

Apesar do mau momento, Cuca prometeu: o Palmeiras brigará para ser campeão no futuro. "A gente fez o torcedor triste mais uma vez. Mas esse torcedor pode me cobrar: até o final, o Palmeiras vai ser um time que vai brigar pelo título de um campeonato mais longo. A gente pode ser campeão do Paulista, pode. Mas prometo para o torcedor que ele vai brigar para ser campeão em um torneio mais longo".

Por último, Cuca pediu calma sobre possíveis reforços. O treinador afirmou ser momento de dar confiança aos jogadores que já estão no elenco. "Quando eu tiver uma ideia fixa de tudo o que eu tenho, vou conversar com o Alexandre (Mattos) e o presidente (Paulo Nobre) e vamos discutir o que é melhor. Hoje, é momento de passar confiança para os jogadores mesmo não estando vindo os resultados", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos