Zé Roberto pede união do Palmeiras: "Não é momento de falar da torcida"

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras perdeu a terceira partida sob o comando do técnico Cuca. Desta vez, o 2 a 1 para o Red Bull veio acompanhado de protestos da torcida e gritos de "time sem-vergonha" da arquibancada. Após o jogo, Zé Roberto ressaltou que o momento é de união e que a equipe não pode ficar falando de torcida. 

"Eu acho que a torcida em todo o direito de vim manifestar sua tristeza pelo momento que o time passa, mas é momento de agente fechar e saber que tem muito o que melhorar. É claro que é uma situação difícil, porque o Palmeiras é um time grande. Não é momento de falar da torcida. É o momento de nos fechar para trabalhar muito e sair dessa situação", comentou o jogador ao canal Premiere depois da partida. 

Zé Roberto também defendeu o técnico Cuca, que ainda não venceu no comando do time. "O Cuca está chegando. Temos muitas peças, muitos jogadores que podem jogar. Agora é momento de trabalhar. É um momento difícil, onde a gente tem treinado todos os dias tentando buscar esse equilíbrio, buscar vencer os jogos, mas acho que a partir do momento que conseguirmos uma vitória, vamos ter mais confiança, e as coisas vão fluindo normalmente. Vamos trabalhar para ir em busca dela", completou o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos