Prass diz que culpa é dos jogadores e pede mudança para "não afundar mais"

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras segue sem vencer sob o comando de Cuca. Após a derrota por 4 a 1 para o Água Santa, o goleiro Fernando Prass disse que a culpa pela situação é apenas dos jogadores e não passa pelo técnico Cuca, por Paulo Nobre e Alexandre Mattos. O camisa 1 ainda pediu mudança de postura à equipe. 

"Temos de encarar a situação. Está faltando jogar futebol, o que nos trouxe até aqui. Tudo o que falar vai ser desculpa. A culpa não é do Cuca, do Paulo, do Alexandre. A culpa é de quem entra me campo e está jogando. Precisa ter mudança de disposição e qualidade, senão vamos afundar cada vez mais", disse o goleiro ao Premier.
 
Já o zagueiro Edu Dracena, capitão do time na partida, admitiu que a pressão é grande depois de mais um resultado ruim. Para ele, é preciso parar de dar explicações e manter a tranquilidade para sair da situação.
 
"Momento é de ter tranquilidade. A pressão é muito grande e temos de saber lidar com ela. Já faz quatro jogos que damos explicação e não conseguimos fazer em campo o que falamos no vestiário", afirmou Edu Dracena.
 
Com a derrota em Presidente Prudente, o Palmeiras caiu para último no Grupo B. Agora, o time alviverde soma 15 pontos, atrás de Ituano (18), Novorizontino (18), Ponte Preta (16) e São Bernardo (16).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos