Candidatos não brilham e fazem Santos intensificar busca por 'novo L. Lima'

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Nogueira-28.out.2015/Folhapress

    Lucas Lima pode deixar o Santos no meio da temporada para atuar no futebol europeu

    Lucas Lima pode deixar o Santos no meio da temporada para atuar no futebol europeu

Os quatro candidatos à vaga do meia Lucas Lima no elenco do Santos, caso o "maestro" do time seja negociado no meio deste ano, estiveram em campo no empate contra o São Paulo por 1 a 1 no último domingo, na Vila Belmiro, em clássico pela 12ª rodada do Campeonato Paulista.

Três deles atuaram como titulares – Rafael Longuine, Victor Bueno e Léo Cittadini. Outro candidato, o meia Serginho, entrou no segundo tempo.

O problema é que os quatro jogadores tiveram atuações discretas no clássico e "explicam" por que o técnico Dorival Júnior pediu para a diretoria intensificar a busca por um substituto para Lucas Lima. Vale lembrar que o meia da seleção brasileira é fortíssimo candidato a deixar o clube para atuar no futebol europeu.

"É um grupo que está crescendo, mas ainda precisamos de alguns elementos que venham a reforçar esse grupo. Estou satisfeito com o que estou vendo, são garotos que mostram crescimento a cada rodada, mas que estão buscando uma consolidação a cada momento. Agora, estaremos atentos ao mercado, precisamos de elementos, a diretoria sabe disso, está trabalhando para isso", afirmou Dorival.

Entre os quatro candidatos, Longuine foi o melhor em campo. O meia tentou algumas finalizações de fora da área, mas deixou a desejar no papel de "maestro". Aliás, nenhum deles chegou perto de Lucas Lima neste sentido.

Victor Bueno, que terminou a temporada passada como o mais promissor a "novo Lucas Lima", foi o mais apagado entre os quatro. Dorival reconheceu que o meia apresentou um futebol abaixo do que realiza nos treinos, mas diz acreditar no futuro do jogador com a camisa santista.

"Vem fazendo treinamentos de alto nível. Acho que ele teve crescimento ao longo da partida, mas ainda um pouco abaixo do que vinha nos mostrando. Foi a primeira partida dele como titular, é cedo para cobrança. Tem muitas qualidades e vai dar muitas alegrias ao torcedor santista", disse.

Léo Cittadini, por sua vez, foi prejudicado na disputa pois atuou mais recuado, como segundo volante. A revelação santista se mostrou perdida em campo no primeiro tempo e só apareceu no jogo por causa do passe que deu para Joel marcar o gol do Santos.

Por conta disso, ele foi substituído por Serginho, que perdeu a posição de titular após uma sequência de cinco partidas como titular. Dorival explicou por que barrou o meia.

"Já trabalhamos ao longo da semana. Vinha projetando a possibilidade do Vitor (Bueno) há um tempo. Vinha cobrando do Serginho, que já estava demorando para se adaptar à função e, de repente, estava se resguardando em determinado lado do campo. Ficávamos com uma marcação muito definida das equipes adversárias. Não estava satisfeito e tentei uma mudança com o Vitor", disse.

A diretoria santista está bastante adiantada na contratação do meia Marquinhos Gabriel. O clube paulista encaminhou um empréstimo com o Banco BMG para trazer o jogador no meio do ano. O ex-camisa 41 do Santos tem contrato com o Al Nassr, da Arábia Saudita, que está disposto a liberar o jogador em julho por US$ 3 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos