Paulinho cita problemas familiares para justificar reserva no Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Paulinho pertence ao Flamengo e está emprestado ao Santos até o fim deste ano

    Paulinho pertence ao Flamengo e está emprestado ao Santos até o fim deste ano

O meia-atacante Paulinho revelou um problema familiar no início da temporada para justificar o fato de não ter "engrenado" com a camisa do Santos. O atleta, que pertence ao Flamengo e está emprestado até o fim do ano, foi titular nos primeiros jogos do Campeonato Paulista, mas perdeu a posição para Serginho.

Paulinho evitou falar os detalhes do problema familiar, mas citou a ajuda de Dorival Júnior no caso. O atacante também mostrou personalidade ao dizer que o Santos não o contratou para ser "só mais um" e espera reconquistar a vaga de titular.

"Eu tive problemas familiares no começo. Isso me atrasou um pouco, no meu ponto de vista. O Dorival conversou comigo e venho me esforçando ao máximo. Entrosei-me com o elenco. Aos poucos, venho me entrosando, me adaptando mais. Entrando nos jogos, dá mais confiança. Não me contrataram para ser só mais um. Vim para ajudar", afirmou Paulinho.

O atacante recebeu uma oportunidade como titular no clássico contra o São Paulo, que terminou empatado por 1 a 1, neste domingo, na Vila Belmiro. Paulinho não se destacou mais uma vez e só chamou a atenção ao arriscar um chute de "voleio", defendido pelo goleiro Denis.

"Depois da partida, busquei na internet o vídeo. Acabei vendo o vídeo. Foi belo lance, não só pelo voleio, mas pela jogada criada. Se fosse um pouco mais para o canto, o Denis não ia pegar. Mérito do Denis, que é um grande goleiro", disse.

Como Dorival está insatisfeito com Serginho, vetado no clássico para a entrada de Victor Bueno, Paulinho sabe que a vaga está aberta para voltar ao time titular e formar o quarteto ofensivo do Santos com os selecionáveis Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Gabigol. A ideia do atacante é virar titular, se destacar no time de Dorival e renovar contrato com o clube paulista.

"Sim, claro (ficar por mais tempo no clube). Santos é cidade que me adaptei bem. Também o clube. Tem estrutura muito boa aqui, fiz grandes amigos. Quem sabe, possa fazer belas partidas e renovar com o Santos", concluiu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos