Torcida do Palmeiras fura bloqueio e faz novo protesto contra o time

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras viajou a Atibaia para tentar encontrar tranquilidade nos treinos antes da partida contra o Rio Claro. No segundo dia de trabalho no local, porém, o grupo foi surpreendido por novos protestos. 

Segundo a assessoria de imprensa do clube, quatro torcedores conseguiram furar o bloqueio do hotel onde o time está hospedado. Em seguida, o grupo gritou frases contra a equipe e mostrou uma faixa com menção ao juiz Sérgio Moro, pedindo "Lava Jato no Verdão".

Os torcedores, que estavam com nariz de palhaço, ficaram pouco tempo no local. Os protestos se tornaram frequentes no clube depois das derrotas nas últimas duas partidas, contra Red Bull Brasil (2 a 1) e Água Santa (4 a 1).

Na última quinta-feira, antes mesmo da partida contra o Red Bull, torcedores da principal torcida organizada mostraram faixas contra a diretoria e o elenco. No mesmo jogo, outros espectadores cobraram o presidente Paulo Nobre.

No sábado, pessoas invadiram a Academia de Futebol para cobrar os atletas do elenco. O clube, em seguida, divulgou uma nota de repúdio. O pior caso ocorreu no retorno a São Paulo, depois de revés em Presidente Prudente. O ônibus do clube acabou apedrejado a 150 quilômetros da capital paulista.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos