Dorival foge de especulação para assumir seleção olímpica e exalta L. Lima

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

Após a goleada do Santos por 4 a 1 diante da Ferroviária nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, o técnico Dorival Júnior foi questionado se assumiria a seleção olímpica caso fosse convidado.

O treinador ficou "sem jeito" ao responder a pergunta e preferiu elogiar o atual treinador da seleção olímpica, Rogério Micalli.

"Surpresa (ao ser informado que é o favorito da CBF para assumir o cargo). Não tenho nem ideia disso, a seleção está nas mãos de um grande profissional, que eu respeito e não posso nem falar de opções. Até me perdi (para responder), eu não sabia", afirmou Dorival.

O treinador também voltou a rasgar elogios ao meia Lucas Lima, que mudou a "história" do jogo nesta quinta-feira. O camisa 20 foi poupado no primeiro tempo por defender a seleção brasileira na última terça-feira, no Paraguai, e assistiu do banco de reservas a derrota santista por 1 a 0 nos 45 minutos iniciais.

Na segunda etapa, o "maestro" santista entrou em campo e comandou a virada do time por 4 a 1, iniciando a jogada dos gols do alvinegro praiano.

"A gente não tem mais o que falar do Lucas, tudo que observamos, ele confirma a cada momento e cada rodada. Ele sabe a importância que ele tem, e começa a chamar atenção também na seleção brasileira", disse.

"Eu não tinha chances de começar o jogo com ele, mas ele superou o problema que tinha e nos ajudou nesta partida", concluiu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos