Topo

Futebol


Com Prass e Dudu heróis, Palmeiras bate Corinthians e fecha tabu de 21 anos

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

2016-04-03T18:01:35

03/04/2016 18h01

Após quase 21 anos, o Palmeiras voltou a ganhar do Corinthians no Pacaembu. Um gol de Dudu no segundo tempo e um pênalti defendido por Fernando Prass pouco antes disso decretou a vitória por 1 a 0 neste domingo que colocou fim ao jejum.

A última vitória palmeirense sobre o rival no estádio havia acontecido em setembro de 1995, quando ganhou por 2 a 0, em jogo válido pelo primeiro turno do Brasileiro. Desde então, foram 13 partidas, com sete vitórias do Corinthians e seis empates.

Com o resultado, o Palmeiras sobe para 21 pontos e retoma a liderança do Grupo B, mas a situação ainda está embolada. A distância para a Ponte Preta, que é a terceira colocada, é só de dois pontos. Já classificado para as quartas de final com a liderança geral do campeonato, o Corinthians conheceu sua segunda derrota e permanece com 32 pontos. 

Os dois times agora deixam a competição estadual um pouco de lado para se concentrarem nos compromissos pela Libertadores que terão pela frente na quarta-feira. O Corinthians viajará para encarar o Santa Fe na Colômbia, ao passo que o Palmeiras vai encarar o Rosario Central na Argentina. 

Pelo Paulista, o Palmeiras tentará confirmar a classificação à próxima fase contra o Mogi Mirim, fora de casa. Já o Corinthians apenas cumprirá tabela ao receber a visita do Novorizontino. As duas partidas acontecerão no domingo. 

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 0 CORINTHIANS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 3 de abril de 2016 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior e Anderson Jose de Moraes Coelho (ambos de SP)
Público: 22.663 (21.219 pagantes)
Renda: R$ 644.765,00
Cartões amarelos: Gabriel Jesus, Arouca, Alecsandro, Egídio (Palmeiras); Lucca, Felipe, Giovanni Augusto (Corinthians)
Gol: Dudu (Palmeiras), aos 30 do 2º tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Arouca (Lucas), Gabriel (Thiago Santos), Robinho (Dudu) e Zé Roberto; Gabriel Jesus e Alecsandro.
Técnico: Cuca

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Maycon), Giovanni Augusto, Guilherme (Romero) e Lucca (Danilo); André.
Técnico: Tite

Mais Futebol