Bauza absolve Kardec por chances perdidas e prevê jogo difícil com o Audax

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA/AFP

Edgardo Bauza, técnico do São Paulo, lamentou a derrota de sua equipe por 1 a 0 para o São Bento, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. O técnico argentino reconheceu que esperava uma campanha melhor na primeira fase do Campeonato Paulista e classificou o jogo contra o Audax, nas quartas de final, como "muito duro".

"Tentamos, mas não pudemos chegar ao empate. Pensávamos em estar mais acima. Queríamos, em primeiro lugar, a classificação para as quartas de final. Contra o Audax, vai ser uma partida muito dura, complicada", afirmou.

Bauza preferiu não culpar o atacante Alan Kardec pelas chances perdidas em Sorocaba. Nos primeiros vinte minutos de jogo, o atleta desperdiçou três chances claras de gol.

"O importante é que ele teve opções de gol. O futebol é assim. Às vezes, te castiga", analisou.

Na quarta-feira, às 21h45, o São Paulo recebe o River Plate pela Libertadores. O duelo é fundamental para que a equipe de Bauza continue viva na competição sul-americana. No próximo fim de semana, encara o Audax fora de casa - uma reunião na sede da Federação Paulista de Futebol define amanhã a hora e o local da partida. No dia 21, o elenco tricolor viaja a La Paz para enfrentar o The Strongest. A maratona preocupa o treinador argentino, que preferiu poupar Paulo Henrique Ganso, Maicon, Rodrigo Caio e Hudson em Sorocaba. 
 
"Cada jogo que temos agora é realmente decisivo. E vamos jogar como tal. Hoje, demos descanso a vários atletas para que estejam bem contra o River."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos