Horrível, abatidos e pauleira: o que os corintianos disseram após derrota

Do UOL, em São Paulo

Após a eliminação dentro de casa do Campeonato Paulista diante do Audax, sobraram lamentações e explicações pelos lados do Corinthians. Os jogadores admitiram abatimento, mas elogiaram o adversário e também falaram em "virar a chave" imediatamente. Isso porque na quarta-feira o time começa a disputar uma vaga nas quartas de final da Libertadores contra o Nacional, do Uruguai. 

Veja o que disseram os corintianos após a derrota.

Elias
"A torcida acha que a gente não sofre com a derrota, mas a gente sofre muito. Só que na segunda-feira já temos de virar a chave e trabalhar porque na quarta-feira vai ser pauleira. Há males que às vezes vêm para o bem, mas vamos ter um fim de semana para descansar para o segundo jogo das oitavas de final"

Bruno Henrique

"O Audax talvez seja a equipe mais forte que nós enfrentamos aqui. Tem um estilo de jogo parecido com o nosso e até arrisca um pouco, tanto que tivemos oportunidades que poderiam ter definido o jogo. Mas bola para frente. Perder é horrível, mas temos de tentar absorver a derrota, pensar nos erros e trabalhar pensando na quarta-feira. Saímos do Paulista, mas precisamos pensar no próximo jogo importante porque temos a Libertadores pela frente e vamos em busca do título."

Uendel

"Nós ficamos abatidos, não tem jeito. Vamos remoer isso. Temos que tirar as lições e corrigir antes da partida de quarta. Conseguimos neutralizar algumas coisas do Audax, mas outras não. Eles estão entre os cinco melhores do Brasil."

Tite

"O que todos nós ficamos chateados é que fizemos a campanha que fizemos e aí perdemos em 90 minutos. Não é oportunismo porque já falei isso antes, e também não estou retirando o mérito da equipe do Audax e do Fernando Diniz."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos